Corinthians

Futebol Tiago Nunes se manifesta em rede social após demissão no Corinthians

Tiago Nunes se manifesta em rede social após demissão no Corinthians

Na noite do último sábado, em seu perfil oficial no Instagram, o ex-treinador do Timão indicou que expectativa e realidade ficaram longe de andar juntas durante o seu trabalho

Lance
Lance

Lance

Lance

Na última sexta-feira, um dia após a derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, na Neo Química Arena, o Corinthians decidiu demitir o técnico Tiago Nunes. No entanto, o profissional só veio a público para se manifestar na noite do último sábado, por meio de seu perfil oficial no Instagram. De acordo com o texto publicado, ele deu a entender que o fim de sua passagem estava próximo.

Contratado ainda em 2019, Tiago só assumiu o comando do Timão no início de 2020 com a missão de tentar mudar o estilo de jogo do clube, após praticamente uma década com uma filosofia desenvolvida por Mano Menezes, Tite e Fábio Carille. Apesar de um bom início, resultados e desempenho nunca agradaram, o que culminou em eliminação precoce na Copa Libertadores.

Apesar de se recuperar no Campeonato Paulista a ponto de alcançar a final da competição contra o maior rival, as oscilações dentro de campo, a falta de autocrítica e o relacionamento interno, foram minando a possibilidade de futuro do técnico no cargo e, sobretudo, passaram a comprometer as aspirações do clube, que já não via condições de manutenção de Tiago Nunes.

A sensação de que o trabalho não deu certo e de que a experiência não "deu liga" não era só dos dirigentes corintianos, o próprio treinador, em seu texto divulgado na noite do último sábado, mostrou que já tinha a sensação de que não havia atingido seu objetivo no Timão. No primeiro parágrafo de seu post, ele dá a entender que sabia o fim de seu passagem pelo clube estava próximo.

- Expectativa e realidade são duas linhas paralelas que lutamos diariamente para aproxima-las no dia a dia de um treinador de futebol. Quando isso não acontece, sabemos que o fim será decretado - disse o comandante.

Tiago Nunes ainda ressaltou que o relacionamento interno sempre foi "profissional, respeitoso e transparente", além de agradecer a oportunidade que teve de dirigir um clube desse tamanho, e lamentar a falta da torcida em parte dos jogos do Corinthians na Neo Química Arena. Ao todo, ele comandou o time em 26 partidas oficiais, com nove vitórias, dez empates e sete derrotas, aproveitamento de 47,44%. Na Florida Cup: uma vitória e uma derrota.

Confira o texto completo publicado por Tiago Nunes em seu Instagram oficial:

"Expectativa e realidade são duas linhas paralelas que lutamos diariamente para aproxima-las no dia a dia de um treinador de futebol. Quando isso não acontece, sabemos que o fim será decretado.

Como um profissional comprometido com princípios éticos e morais que estou envolvido, acordo todos os dias buscando fazer o melhor e influenciar aqueles que estão ao meu redor. Falhamos, aprendemos e evoluímos. Comandar o Corinthians foi um desejo, e mesmo sem alcançarmos as expectativas criadas, buscamos diariamente não só o bem do time, mas do Clube como um todo. A minha consciência, no entanto, segue tranquila e ciente de que entregamos nosso melhor no momento. Sempre busquei falar, argumentar e questionar as situações da nossa rotina.

Destaco que minha relação com funcionários, atletas e diretoria sempre foi profissional, respeitosa e transparente, aos quais direciono minha gratidão e carinho. Discordar não é desrespeitoso quando embasado de argumentos e fatos. Agradeço pela oportunidade de estar à frente de um clube com uma história social e desportiva tão importante para nosso país.

Lamento as poucas vezes que tivemos a presença da Fiel torcida na Arena, fato determinante para empurrar o time nas partidas.

Espero que o Corinthians tenha sucesso em seu futuro e siga transmitindo alegria a todos que amam essa instituição"

Ver essa foto no Instagram

Expectativa e realidade são duas linhas paralelas que lutamos diariamente para aproxima-las no dia a dia de um treinador de futebol. Quando isso não acontece, sabemos que o fim será decretado. Como um profissional comprometido com princípios éticos e morais que estou envolvido, acordo todos os dias buscando fazer o melhor e influenciar aqueles que estão ao meu redor. Falhamos, aprendemos e evoluímos. Comandar o Corinthians foi um desejo, e mesmo sem alcançarmos as expectativas criadas, buscamos diariamente não só o bem do time, mas do Clube como um todo. A minha consciência, no entanto, segue tranquila e ciente de que entregamos nosso melhor no momento. Sempre busquei falar, argumentar e questionar as situações da nossa rotina. Destaco que minha relação com funcionários, atletas e diretoria sempre foi profissional, respeitosa e transparente, aos quais direciono minha gratidão e carinho. Discordar não é desrespeitoso quando embasado de argumentos e fatos. Agradeço pela oportunidade de estar à frente de um clube com uma história social e desportiva tão importante para nosso país. Lamento as poucas vezes que tivemos a presença da Fiel torcida na Arena, fato determinante para empurrar o time nas partidas. Espero que o Corinthians tenha sucesso em seu futuro e siga transmitindo alegria a todos que amam essa instituição.

Uma publicação compartilhada por Tiago Nunes (@proftiagonunes) em

Últimas