Futebol Tiago Nunes critica postura do time no empate do Botafogo com o Nova Iguaçu: 'Deveria ter maturidade maior'

Tiago Nunes critica postura do time no empate do Botafogo com o Nova Iguaçu: 'Deveria ter maturidade maior'

Treinador cobra equipe após estar vencendo por 2 a 0, mas não conseguir segurar a vitória

Lance
Lance

Lance

Lance

O técnico Tiago Nunes ficou na bronca com o time do Botafogo devido ao empate com o Nova Iguaçu, em 2 a 2, pela quinta rodada do Campeonato Carioca. O Glorioso abriu 2 a 0, mas não conseguiu a vitória. Na avaliação do treinador, faltou maturidade.

- Uma equipe que abre 2 a 0 e cria situações a mais para ampliar, deveria ter maturidade maior para sustentar esse resultado. Isso não é novidade tendo em vista o passado, mas é um ponto de evolução e a melhorar. Temos expectativa por mais jogadores, mas nosso papel nesse momento é estar nas finais do Carioca e oportunizar a outros jogadores atuarem e mostrar se têm condições de fazerem parte do nosso elenco - avaliou.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

O gramado do Bezerrão também recebeu críticas do técnico Tiago Nunes. Para o treinador, o campo não deu condições do Botafogo jogar da melhor maneira, mas destacou que o time também não entendeu como deveria se comportar.

- A gente deixou a desejar hoje em termos competitivos, concordo que a gente tem uma capacidade competitiva melhor do que apresentou hoje. Somos uma equipe que já deu outras amostras. E demorou hoje para entender o contexto do jogo, em um gramando muito ruim, que você não consegue conduzir a bola e fazer combinações. Então a gente precisa se dispor a fazer um outro tipo de jogo, mais combativo e de disputa física e sucumbimos nesse sentido.

Tiago Nunes explicou também a substituição de Tiquinho Soares. O atacante vomitou no intervalo, mas não foi o único jogador do Botafogo que se sentiu indisposto.

- Hoje a gente teve uma particularidade que foi a saída do John por lesão e depois a saída do Tiquinho. Ele estava vomitando no intervalo. O Tchê Tchê tinha passado mal antes do jogo, vomitou também. Então tivemos jogadores com alguma dificuldade. Foram duas substituições forçadas. Depois a saída do próprio Danilo, que estava muito cansado, não conseguia sustentar o jogo naquele momento. Algumas substituições, então, não foram planejadas, mas acabaram tendo que acontecer.

O Botafogo tem pela frente o Flamengo, quarta-feira (7), no Maracanã. O Glorioso chega no clássico com dois tropeços seguidos para times pequenos. Tiago Nunes minimizou o momento do time e afirmou q

- Animicamente, eu não me preocupo nesse sentido, pelo tamanho e pela grandeza do adversário. Qualquer um se motiva e eleva o seu nível de atenção o máximo possível quando encontra adversários desse tamanho, que são semelhantes a nós. Então temos que ter a tranquilidade e o discernimento dos porquês: por que sofre empate? Por que tecnicamente sofreu no jogo de hoje? Por que deixou de construir algumas situações que vinha fazendo? O que faltou efetivamente? - explicou Tiago Nunes, que completou.

- E essa avaliação é feita de maneira interna através de rever o jogo mais de uma vez, de traçar um paralelo para escolher os caras que vão ter as melhores condições de jogar contra o Flamengo. Não tem desculpa, a gente tem que fazer um grande jogo, dar o nosso máximo e ter uma grade atuação. É o tipo de jogo que, a gente sabe, qualquer resultado pode acontecer pela grandeza ds duas equipes - finalizou.

Últimas