Tiago Nunes cita dificuldades e pede tempo para implantar sua filosofia

Treinador reconheceu que o elenco ainda não está acostumado com suas ideias e citou falta de equilíbrio para explicar momento delicado do Timão no Campeonato Brasileiro 

Lance

Lance

Lance

O técnico Tiago Nunes não está satisfeito com o desempenho do Corinthians neste início do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, logo após o empate em casa com o Botafogo, em 2 a 2, o comandante do Timão voltou a falar sobre a dificuldade de implantar suas ideias ofensivas de jogo e adaptá-las ao atual elenco do Alvinegro. Nas palavras do treinador, falta equilíbrio.

- Temos dificuldades no encaixe do time, no encaixe do jogo. Queremos que os jogadores se exponham e isso requer tempo. Meu desafio tem sido, principalmente, encontrar a equipe ofensiva que todos desejam com um time que seja seguro defensivamente. Precisamos evoluir e nos falta essa parte defensiva, estarmos mais equilibrados - explicou o treinador em entrevista coletiva na Neo Química Arena.

O Corinthians tropeçou novamente no Campeonato Brasileiro. Agora, em sete jogos, o Timão soma apenas nove pontos e está estacionado no meio da tabela de classificação. Dependendo dos resultados de domingo, o Alvinegro pode cair algumas posições e ficar mais próximo da zona do rebaixamento.

A situação, claro, incomoda a comissão técnica do Corinthians. Pressionado e constantemente criticado pela Fiel, Tiago Nunes afirmou reconhecer as deficiências da equipe. Ao ser questionado sobre o tema, o comandante do Timão voltou a falar sobre a necessidade de tempo para que o time evolua e passe a ter uma outra postura dentro de campo.

- Já ouvi que meu cargo estava em jogo em todos os meses do ano. Uma hora alguém vai acertar porque faz parte do futebol, faz parte do jogo. Coloco a cabeça no travesseiro com a consciência de que estou fazendo meu máximo para melhorar. Todos temos o mesmo objetivo. Vim para cá para participar de uma mudança de filosofia, mas nada melhor do que o tempo para vermos quais jogadores têm esse perfil. São coisas que estamos passando esse ano, essa temporada e talvez apenas no longo prazo vamos conseguir sanar.

Na próxima quinta, às 19h15, o Corinthians mede forças com o Palmeiras - seu maior rival - na sequência do Campeonato Brasileiro. O Dérbi será disputado na Neo Química Arena e vale muito para o Timão, que ainda tem o vice-campeonato do Paulistão entalado.