Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Diniz vê muitos erros do Fluminense na estreia da Libertadores e admite correção

Tricolor finalizou apenas duas vezes na direção do gol contra o Alianza Lima, no empate de 1 a 1

Futebol|Do R7

Diniz reconhecei que Fluminense precisa melhorar finalizações
Diniz reconhecei que Fluminense precisa melhorar finalizações Diniz reconhecei que Fluminense precisa melhorar finalizações (Lance)

Técnico do Fluminense, Fernando Diniz viu o Alianza Lima melhor na partida que marcou a estreia do Tricolor na Libertadores 2024. No entanto, o comandante avaliou o empate como o resultado mais justo.

- Tivemos muitos erros de passe, que não é algo comum do time. Eles fizeram o gol e ficaram mais fortes no que diz respeito a fechar os espaços. O campo também estava muito irregular e seco. Demoramos a perceber e se adaptar ao campo. No segundo tempo, tivemos uma postura mais agressiva. Tínhamos dificuldade para penetrar, mas ficamos mais pertos de empatar e empatamos merecidamente.

Questionado sobre a baixa quantidade de finalizações na meta do adversário, o comandante admitiu que esse é um ponto que a equipe precisa melhorar. Na partida contra o Alianza Lima, o Time de Guerreiros chutou duas vezes na direção do gol e balançou as redes com Marquinhos.

- Teve um ou outro lance em que as jogadas ficaram claras para chutar. O Arias devia ter finalizado, mas quando a linha está muito baixa é difícil achar os espaços para chutar. Mas uma das possibilidades de fazer o gol é o chute de fora da área, que também pode gerar o escanteio. O Alianza marcou muito bem hoje. Mas concordo que a gente tenha que chutar quando tivermos oportunidade.

Publicidade

O Fluminense tem uma semana cheia de treinos para enfrentar o Colo-Colo, na terça-feira (9), pela 2ª rodada da Libertadores. A equipe tem a chance de assumir a liderança em um confronto direto na chave.

CONFIRA OUTRAS RESPOSTAS DE FERNANDO DINIZ:

Publicidade

ANÁLISE DA PARTIDA

- Eu acho que o Alianza Lima teve mais chance de fazer gols do que a gente no sentido de oportunidades. Todavia, a gente tomou todos os riscos na partida, que quis fazer o gol, embora eles tenham tido as melhores chances. Somando tudo, eu acho que o resultado foi justo.

Publicidade

LIBERDADE DE SERNA

- Não o deixamos solto. Mas o fato dele aparecer com chance de finalizar foram os erros de passe que tivemos e que não costumamos ter. Oferecemos muito contra-ataques. E na hora que a gente erra um passe na primeira fase de construção, a gente facilita muito as coisas. Ele teve uma ou duas chances, o Waterman teve uma no começo do segundo tempo, mas ele teve essas chances de gols por erros que não costumamos cometer.

GOL DE MARQUINHOS

- Esse gol foi uma percepção do Marquinhos. Ele estava muito bem no jogo, confiante, percebeu o espaço. O cruzamento era mais direcionado para o Lelê, que atraiu bastante a marcação e ele (Marquinhos) entrou no espaço intuitivamente.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.