Técnico do Bayern teme falta de ritmo e comemora cinco substituições

Bayern de Munique volta ao Campeonato Alemão, no domingo, contra o Union Berlin, em partida será fora de casa. Partida acontece às 13h (de Brasília)

Lance

Lance

Lance

A dois dias do retorno do Bayern de Munique no Campeonato Alemão, o técnico do clube, Hansi Flick, concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira. Como tem sido em todos os outros clubes, as perguntas foram enviadas pelos jornalistas previamente e o clube transmitiu a conferência pela internet.

O comandante bávaro destacou que o clube pode aguentar não jogar em alta intensidade os 90 minutos, já que são dois meses desde a última partida oficial, ainda antes a paralisação por conta da pandemia de coronavírus.

- Não sabemos se a equipe vai aguentar 90 minutos. Temos treinado bem, no domingo passado tivemos um jogo-treino intenso com três partes de 20 minutos, mas é claro que, como todos os outros, não sabemos em que nível estamos - disse o treinador.

Se o time pode não aguentar o ritmo, o técnico terá, em compensação, duas substituições a mais para poder fazer. Com a liberação da Fifa, os clubes terão a possibilidade da fazer duas mudanças a mais nos jogos até o fim do ano.

- Eu tenho mais duas opções, então estou muito feliz, principalmente nessa situação. Espero que não seja usado apenas para perder tempo. Vamos usá-lo para substituir um jogador que está cansado. Isso é ótimo em semanas com muitos jogos. Estou muito feliz com a opção.