Futebol Superliga Europeia tem prazo fixo para começar, afirma presidente do Barcelona

Superliga Europeia tem prazo fixo para começar, afirma presidente do Barcelona

Competição tem sido forçada pelos catalães e pelo Real Madrid, mas enfrentou desistências de gigantes do continente

Lance

O projeto da Superliga Europeia finalmente pode estar se concretizando. O preisdente do Barcelona, Joan Laporta, colocou um prazo para o começo da competição e espera que o início aconteça até a temporada 2025-26, aguardando o posicionamento de demais interessados em participar.

- Vejo que todos (entidades e funcionários) estão a ficar mais ricos, mas os clubes não estão. A Uefa, os jogadores e os representantes ganham mais dinheiros, e os clubes-SAF correm soltos. Há uma onda favorável e é hora de fazermos isso. Mas se não fizermos, vou repensar tudo, porque a Uefa tem interesse em que regressemos à ECA (Associação Europeia de Clubes). Claro, se os parâmetros não mudarem, não vamos voltar - disse o mandatário.

Caso tudo seja feito como planejado pelos representantes, os clubes que optarem por jogar a Superliga embolsarão 100 milhões de euros apenas pela participação. Foi divulgada também uma lista de clubes que aceitaram jogar a liga. Confira:

⚽ Inter de Milão
⚽ Milan
⚽ Napoli
⚽ Roma
⚽ Olympique de Marseille
⚽ Benfica
⚽ Porto
⚽ Sporting
⚽ Ajax
⚽ Feyenoord
⚽ PSV
⚽ Anderlecht
⚽ Club Brugge
⚽ Todos os clubes espanhóis, com exceção do Atlético de Madrid

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

- Novos patrocinadores estão chegando. Comprar e vender jogadores também ajuda, porque nos traria fair play. Esperamos ter lucro no orçamento da temporada atual, sem necessidade de alavancas, e entraremos numa nova etapa - afirmou Laporta.

Um dos fundadores da A22, empresa que conduz o torneio, Anas Laghrari disse que a liga conduz tratativas com 50 clubes, já contando com resposta positiva de 20. No decorrer de 2023, todos os times ingleses que haviam topado a ideia inicialmente foram ameaçados pela Premier League e abandonaram o projeto; o Atlético de Madrid é outro que se recusa a ingressar na competição.

Últimas