Futebol Suíça abre processo de impeachment contra Michael Lauber, procurador-geral, por conduta sobre Fifa

Suíça abre processo de impeachment contra Michael Lauber, procurador-geral, por conduta sobre Fifa

No dia em que completa 116 anos, entidade recebe um presente amargo. Parlamentar é investigado por supostos contatos inapropriados entre seu escritório e a federação

Lance
Lance

Lance

Lance

As investigações sobre a corrupção no futebol e na Fifa ganharam mais um capítulo. A Suíça abriu um processo de impeachment contra Michael Lauber, procurador-geral, por envolvimento em supostos contatos inapropriados entre seu escritório e a entidade. Vale destacar que a federação máxima do futebol mundial completa 116 anos nesta quinta-feira e recebeu um presente amargo com esta investigação.

O comitê judicial votou a favor de uma moção contra o parlamentar (13 a 4) "sob suspeita de violação grave do dever". Após ao pleito, ele respondeu às perguntas sobre a maneira como conduziu a investigação de corrupção envolvendo a Fifa, entidade que controla o futebol mundial.

Lauber é acusado por ativistas anticorrupção de atrapalhar um julgamento por fraude devido a pagamentos vinculados à Copa do Mundo de 2006 na Alemanha. Além disso, ele teve seu salário reduzido em 8% por um órgão de fiscalização independente, após descobrirem que ele mentiu e violou códigos de conduta dos promotores.

- O comitê judicial abre um processo de impeachment quando há suspeitas razoáveis de que o acusado intencionalmente ou por negligência grave violou seriamente seus deveres oficiais, ou perdeu a capacidade de cumpri-los" - comentou Andrea Caroni, presidente do comitê.

Lauber é procurador-geral da Suíça desde 2012 e caso seja determinado que ele cometeu alguma violação, o comitê judicial submeterá uma moção ao parlamento suíço para votar sua remoção do cargo ainda em 2020.

Últimas