Futebol Suárez elogia trabalho de Simeone: 'Dá muita confiança ao jogador'

Suárez elogia trabalho de Simeone: 'Dá muita confiança ao jogador'

Atacante do Atlético de Madrid diz que mesmo com 34 anos continua aprendendo com técnico argentino, fala sobre reta final da carreira e admite que próxima Copa será a última

Lance
Lance

Lance

Lance

Artilheiro do Campeonato Espanhol com 16 gols, o atacante Luis Suárez vive grande fase no Atlético de Madrid. Aos 34 anos, o uruguaio elogiou o trabalho do técnico Diego Simeone, que colocou os Colchoneros na liderança da La Liga com seis pontos de vantagem e com um jogo ainda por fazer.

+ Veja a tabela da La Liga


- Obviamente que cada treinador tem sua forma de ser, tem sua filosofia de futebol. Cada técnico tem sua forma de planejar as partidas. Obviamente Cholo (Simeone) é um treinador que dá muita confiança ao jogador, que na hora de planejar as partidas te corrige muitíssimas coisas. Mesmo com a idade que tenho, ele segue me corrigindo coisas e aceito sem nenhum problema, porque por algum motivo é o técnico - disse Suárez à "ESPN", antes de completar:

- Estou para ajudar, não se pode pensar que pela idade já sei de tudo, já fiz tudo. Há detalhes táticos para aprender e para isso está o treinador.

+ Seleção Brasileira está em qual posição? Confira o top 20 do primeiro ranking da Fifa em 2021

Suárez também falou sobre o final de carreira, e afirmou que no momento ainda não pensa em se aposentar. Para o centroavante, enquanto ele sentir-se bem, continuará jogando.

- Sigo aproveitando o momento que estou vivendo hoje na elite do futebol. Estando no Atlético, sigo na elite do futebol. Alguns não acreditavam que poderia continuar. Seguindo com a mesma vontade, espero seguir, no próximo ano, e nos anos seguintes, competindo ao máximo até que seja consciente e me dê conta que chegou o momento. Mas ninguém vai me dizer isso, eu vou decidir.

Sobre a Copa do Mundo de 2022, que será no Qatar, o camisa 9 disse que este Mundial será o seu último.

- Ali já terei quase 36 anos, e você já vai sendo consciente da idade. Primeiro, espero poder ter a possibilidade de chegar com a mesma vontade que tenho hoje em dia para competir por um lugar, sabendo que é difícil, por que à medida que você vai envelhecendo vai tendo mais dificuldades na hora de poder, mas com o DNA competitivo que tenho quero mostrar que posso jogar.

Últimas