STJD concede efeito suspensivo ao presidente Peres, do Santos

O presidente santista José Carlos Peres conseguiu liberação nesta terça-feira

Lance

Lance

Lance

O presidente José Carlos Peres recebeu o efeito suspensivo do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, que havia punido o dirigente por 15 por conta de reclamações do VAR.

Peres entrou com uma solicitação no Tribunal Superior de Justiça Desportiva na última segunda-feira alegando que o clube, na sua ausência, virou uma bagunça. Vale lembrar que o vice Orlando Rollo teria supostamente invadido a Vila Belmiro com um grupo de 20 a 30 pessoas buscando documentações e se intitulando presidente em exercício.

Com a novidade, Peres retoma suas atividades normalmente e o vice Orlando Rollo segue apenas com as funções deliberadas pelo Conselho.

Após o tumulto na Vila Belmiro, Marinho conversou com a imprensa nesta terça-feira e afirmou que a política do clube não influencia nas quatro linhas.

- Na verdade o que a gente sempre conversa é de, independentemente do que acontece fora, não vai afetar a gente dentro. Nossa parte é jogar futebol, treinar e se dedicar, vestir essa camisa pesada. Não influencia em nada essa parte política. Que se resolvam lá e o mais importante é estarmos focados no nosso trabalho - disse no CT Rei Pelé.

O Santos treinou na tarde desta terça-feira e iniciou a preparação para clássico contra o São Paulo, no sábado, às 17h, na Vila Belmiro, pela 33a rodada do Campeonato Brasileiro.