Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Sport encara duelo contra São Paulo na Copa do Brasil como degrau importante para reconstrução

Presidente Yuri Romão traçou quais devem ser as prioridades do time para o ano, pensando no duelo com o Tricolor

Futebol|

Nesta quarta-feira (17), Sport e São Paulo se encontram em Recife, na Ilha do Retiro, pelo jogo de ida válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O Leão da Ilha, por sua vez, enxerga o confronto como um dos passos para 'reconstrução da equipe'.

Campeão estadual e vice-campeão da Copa do Nordeste, após perder a decisão nas penalidades para o Ceará, o Sport é o único representante da série B entre os 16 times que se classificaram para as oitavas. O presidente Yuri Romão projetou suas expectativas para o confronto. Para ele, 'é um momento nobre que a equipe enfrenta no cenário nacional'.

+ ATUAÇÕES: Rafinha faz pênalti infeliz e compromete ótimo trabalho defensivo do São Paulo em Itaquera

- É um momento nobre sempre que enfrentamos grandes equipes do cenário nacional, como agora no caso do São Paulo. O Sport sempre foi um clube que esteve presente em fases importantes das competições nacionais, e agora queremos mostrar um pouco dos frutos que colhemos neste ano, tanto dentro quanto fora de campo - disse.

Publicidade

E o duelo em cima do São Paulo faria parte de um plano de três passos que o dirigente enxerga para esta 'reconstrução'. No caso, a reforma do estádio, a transformação para SAF e acesso à Série A. Segundo suas palavras, 'tudo faria parte de um processo'.

+ Clique aqui e veja como apostar no Brasileirão

Publicidade

+ Confira os jogos e classificação resultados do Campeonato Brasileiro na tabela do LANCE!

- Tudo faz parte de um processo. Nós iniciamos as modernizações em nosso centro de treinamento e na Ilha do Retiro com o carro andando, visto que tivemos que quitar e acertar todas as dívidas com antigos colaboradores, e estamos fazendo isso religiosamente. E também temos consciência que só vamos conseguir dar um salto de gestão com a chegada de um investidor. Pretendemos que até o meio do ano as tratativas e conversas junto ao Conselho sobre a SAF estejam em estágio avançado - contou.

Publicidade

Na Ilha do Retiro, por exemplo, o clube finalizou toda a reforma das cadeiras no setor de numerada, numa obra estimada de R$ 5,5 milhões, além de melhorias na estrutura que dá acesso ao estádio. O presidente do Leão da Ilha afirmou que tomou o estádio do rival tricolor, o Palmeiras, como referência.

- Passei um dia no Allianz Parque conhecendo toda a estrutura de funcionários, marketing e comercial. Estamos buscando conhecimento e as melhores referências, pois consideramos que a Ilha do Retiro está em uma área muito importante de Recife, e acho podemos fazer algo semelhante aqui. Temos que aprender com quem faz certo, esse é o pensamento que tenho - afirmou.

Avançar na Copa do Brasil é uma das prioridades da temporada, mas o dirigente também confirmou que o maior foco é voltar para a série A do Campeonato Brasileiro.

- Poderíamos ter subido à Série A neste ano, mas não foi possível. Mas esse ano, com planejamento e previsibilidade de receita, acredito que conseguiremos voos maiores e temos o objetivo de voltar à elite - completou.

Recentemente, o clube investiu em alguns avanços tecnológicos, que fez com que mais de 25 mil novos sócios-torcedores chegassem. Os 26 mil ingressos para a decisão desta quarta-feira (17) foram esgotados em menos de 4 horas, sendo 100% deles vendidos justamente para sócios-torcedores.

O confronto desta quarta-feira (17) acontecerá às 20h (de Brasília), na Ilha do Retiro. O duelo de volta será no Morumbi, no dia primeiro de junho.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.