Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Simeone revela 'a melhor coisa que poderia ter acontecido' ao Atlético de Madrid antes de classificação

Treinador também rasgou elogios ao goleiro Oblak, que defendeu dois pênaltis

Futebol|

Lance
Lance Lance (Lance)

Diego Simeone revelou que a derrota do Atlético de Madrid diante do Cádiz, no final de semana por La Liga, foi "a melhor coisa que poderia ter acontecido" à sua equipe, pensando em uma classificação para as quartas de final da Champions League diante da Inter de Milão - como de fato aconteceu na quarta-feira (13). Isso porque, na visão do treinador, são nesses momentos de dificuldade que a sua equipe reage.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

- O jogo contra o Cádiz terminou e parecia que não tínhamos chances contra a Inter. Pensei que era a melhor coisa que podia acontecer conosco. É quando a equipe reage. Causalidade ou não, a equipe conseguiu porque ninguém acreditou. Eles se entregaram, fizeram um grande jogo. Temos grandes jogadores de futebol.

Simeone também fez um agradecimento emocionado aos torcedores do clube. Para o técnico, a torcida foi parte fundamental da virada no duelo diante dos italianos. O técnico afirmou que se sentiu um jovem que acaba de assumir o cargo, graças ao apoio vindo das arquibancadas durante o jogo.

Publicidade

- Os jogadores percebem a energia transmitida pela torcida. Tínhamos um plano e seguimos ele, mesmo perdendo por 1 a 0. Griezmann correu, Morata trabalhou, Koke, De Paul, (Samuel) Lino e Molina… Eles não pensaram se deveriam correr, simplesmente correram, porque a torcida foi incrível.

Além dos agradecimentos ao time e à torcida, a entrevista de Simeone também teve um momento curioso: quando o técnico revelou o motivo de não ter assistido a disputa de pênaltis que classificou o Atlético.

- Me lembrei do jogo contra o Leverkusen (oitavas de final da temporada 2014/2015). Vi os dois primeiros. O segundo já não vi e Jan (Oblak) defendeu, então segui dessa forma. Fico feliz por ele, é um goleiro extraordinário, um dos melhores da Europa - finalizou o treinador.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.