Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Simeone revela 'a melhor coisa que poderia ter acontecido' ao Atlético de Madrid antes de classificação

Treinador também rasgou elogios ao goleiro Oblak, que defendeu dois pênaltis

Futebol|Do R7

Lance
Lance Diego Simeone não viu disputa de pênaltis por lembrar de classificação sofrida de quase 10 anos atrás (Foto: PIERRE-PHILIPPE MARCOU / AFP) Lance

Diego Simeone revelou que a derrota do Atlético de Madrid diante do Cádiz, no final de semana por La Liga, foi "a melhor coisa que poderia ter acontecido" à sua equipe, pensando em uma classificação para as quartas de final da Champions League diante da Inter de Milão - como de fato aconteceu na quarta-feira (13). Isso porque, na visão do treinador, são nesses momentos de dificuldade que a sua equipe reage.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

- O jogo contra o Cádiz terminou e parecia que não tínhamos chances contra a Inter. Pensei que era a melhor coisa que podia acontecer conosco. É quando a equipe reage. Causalidade ou não, a equipe conseguiu porque ninguém acreditou. Eles se entregaram, fizeram um grande jogo. Temos grandes jogadores de futebol.

Simeone também fez um agradecimento emocionado aos torcedores do clube. Para o técnico, a torcida foi parte fundamental da virada no duelo diante dos italianos. O técnico afirmou que se sentiu um jovem que acaba de assumir o cargo, graças ao apoio vindo das arquibancadas durante o jogo.

Publicidade

- Os jogadores percebem a energia transmitida pela torcida. Tínhamos um plano e seguimos ele, mesmo perdendo por 1 a 0. Griezmann correu, Morata trabalhou, Koke, De Paul, (Samuel) Lino e Molina… Eles não pensaram se deveriam correr, simplesmente correram, porque a torcida foi incrível.

Além dos agradecimentos ao time e à torcida, a entrevista de Simeone também teve um momento curioso: quando o técnico revelou o motivo de não ter assistido a disputa de pênaltis que classificou o Atlético.

- Me lembrei do jogo contra o Leverkusen (oitavas de final da temporada 2014/2015). Vi os dois primeiros. O segundo já não vi e Jan (Oblak) defendeu, então segui dessa forma. Fico feliz por ele, é um goleiro extraordinário, um dos melhores da Europa - finalizou o treinador.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.