Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Semelhanças com Adriano? 'Imperador' do Santos explica apelido e escolhe número que foi de Neymar

Peixe apresentou o atacante Julio Furch como reforço nesta quarta-feira (26)

Futebol|

Lance
Lance Lance

O Santos apresentou o reforço Julio Furch nesta quarta-feira (26), na Vila Belmiro. O ex-atacante do Atlas, do México, é idolatrado no país e possui o apelido de 'Imperador'. No entanto, isso não tem relação com Adriano Imperador, histórico centroavante brasileiro, mas sim com Júlio César, líder do Império Romano.

- Imperador é por "Júlio César", me chamo Julio César. Por isso, o sobrenome. Sobre a comparação, creio que estou muito distante do brasileiro. É muita potência, força, sou mais de jogar dentro da área - explicou Furch.

O argentino escolheu a camisa 11 santista. O número já foi utilizado por Neymar no Peixe e recentemente era de Ângelo, que deixou o clube e rumou para o Chelsea, da Inglaterra. Furch contou a razão da escolha e revelou o motivo da opção pelo Santos.

- Não tinha outras propostas. A mais firme foi de Santos. Santos, futebol brasileiro, história do clube, em nenhum momento duvidei. O número 11 me tocou jogar com ele no Veracruz e fui bem. Sei que é um número lindo para usar - disse.

Publicidade

+ Já atualizou sua camisa de 2023? Confira os novos uniformes do Peixe!

CONFIRA MAIS RESPOSTAS DE JULIO FURCH NA COLETIVA

Publicidade

Desafios no Santos

- Me sinto preparado. São desafios muito lindos na carreira. Chegar ao time onde há desafios importantes. Santos está abaixo na tabela, queremos terminar da melhor forma o torneio, somar a melhor quantidade de pontos. Espero me acostumar o mais rápido possível à cidade, ao plantel. É uma oportunidade única na minha carreira, estou muito agradecido.

Publicidade

Visão do Santos fora do Brasil

- De fora, no México, é visto como um clube ganhador. Sempre competindo internacionalmente. Libertadores, Sul-Americana. Clube grande, visto de fora. Isso implicou muito.

Concorrência com Marcos Leonardo, Deivid e Mezenga

- Não tinha conhecimento de como estava a parte dianteira. Sabia do Marcos Leonardo, que vinha jogando e marcando gols. Tudo para o bem da equipe. Dar o melhor no nosso treinamento pela melhora da equipe. Sempre há concorrência, e o corpo técnico decide se complementam ou jogam sozinhos.

Paulo Turra

- Agradecer pela confiança. Falamos todos os dias. Sabe bem das minhas qualidades, o que eu posso ajudar a equipe. E isso me deixa contente, me dá confiança. Se vou jogar ou não, não me disse nada. Sabe que eu estou preparado para se chamar. Me agrada muito.

Está bem fisicamente?

- Me sinto 100%. Tema do meu joelho faz dois anos e meio e, desde então, nunca mais senti nada. Me permitiu competir no México tranquilamente, e até mesmo torneios internacionais, como a Concacaf. Espero seguir dessa forma e espero me manter assim. Fisicamente me sinto bem. Fiz toda a pré-temporada no México. Venho de torneios sem sofrer lesões graves, isso é bom. Adaptação com os meus companheiros. Obviamente são os primeiros tempos, mas vou conhecendo a posição de cada um, o que quero cada um. E no sábado, se quiserem, eu posso ajudá-los. E conseguir o que faltou no outro dia, que faltou pouco para conseguir a vitória contra uma grande equipe.

Estilo de jogo

- Minha maior característica é reter a bola, a bola aérea, tanto no ataque, quanto na defesa. Abaixo, gosto de me associar à equipe, me sinto inteligente para me mover, buscar passes. São características que eu considero bom. E dentro da área, terminar a jogar, é importante para um atacante.Adaptação no México foi rápida, e espero que aqui seja igual. Estou preparado e com confiança nos companheiros e corpo técnico para estrear no sábado.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.