Futebol Sem pilares e rodagens mais numerosas no time titular: Dome ratifica perfil do novo Flamengo

Sem pilares e rodagens mais numerosas no time titular: Dome ratifica perfil do novo Flamengo

 A reforçar projeto para rodar elenco em profusão, Torrent foi mais contundente após bater o Santos: 'Quando temos jogadores similares, com a mesma qualidade, temos que rodar'

Lance

Vai ser cada vez mais difícil prever a escalação do Flamengo daqui para frente. O jogo do último domingo, contra o Santos, na Vila Belmiro, foi uma amostra de êxito de um projeto que está sendo escupido sem pilares na equipe titular. Pelo contrário. Para Domènec Torrent, a expressão "no meu time não há titulares" parece ser levada ao pé da letra e servir como um mantra do catalão.

A vitória por 1 a 0, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, foi construída com uma arrancada de Michael, que só havia jogado com Dome na estreia do Brasileiro. Simbólico. E o técnico frisou que rodagens mais numerosas serão uma tônica de seu trabalho.

- Acho que temos que rodar. As pessoas têm que compreender que é impossível jogar 100% com os mesmos jogadores. Quando temos jogadores similares, com a mesma qualidade, temos que rodar. No próximo jogo, vamos rodar, no seguinte também. Se temos 20 jogadores no mesmo nível, vamos ter 20 se rodarmos. Se não usarmos, os outros vão perder a forma. Thiago Maia tem grande forma, Gerson também, Arrascaeta também, todos... Eles têm que estar prontos para quando precisarmos, não podem relaxar e achar que Dome tem 11 titulares. Dome não tem 11 titulares. Vamos tentar jogar cada jogo com os melhores - realçou Torrent, em entrevista coletiva, que destacou ainda:

- Talvez em duas ou três semanas nós estaremos melhor. Acho que esse time tem 25% de Dome.

Além de trazer mudanças táticas e de funções, como Gerson como primeiro volante e Thiago Maia, meia interno, adiantado, Domènec Torrent moldou a sua estratégia de acordo com a do Santos - ou seja, apostou na reatividade e em toques rápidos e verticais nos contragolpes, sobretudo na etapa final, para triunfar. O LANCE! já havia destacado que essa alternativa seria prioridade.

Seguindo a tendência rotacional, é possível que Vitinho, Pedro, Willian Arão e Everton Ribeiro, por exemplo, tenham consideráveis minutos em campo diante do Bahia, nesta quarta-feira, em Pituaçu - justamente por não terem jogado ou jogado pouco na Vila.

> Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

O fato é que o perfil do novo Flamengo foi ratificado não só na prática mas com palavras mais contundentes de Dome sobre as suas prioridades. A ver a evolução da implementação das ideias do catalão, agora com nova vitória e mais confiança para a sequência. Em tempo: o confronto em Salvador será às 20h30 deste dia 2 e válido pela sétima rodada do Brasileirão.

Últimas