Futebol Sem paralisação, Santos estrearia no Brasileirão neste fim de semana

Sem paralisação, Santos estrearia no Brasileirão neste fim de semana

Peixe jogaria em casa, contra o Red Bull Bragantino, pela primeira rodada da competição. Com pandemia do coronavírus, competições estão paralisadas e sem previsão de retorno

Lance
Lance

Lance

Lance

Neste final de semana, o Campeonato Brasileiro daria seu pontapé inicial com a primeira rodada. O Santos estrearia em casa contra o Red Bull Bragantino, ou sábado ou hoje, domingo. A data certa (2, 3 ou 4 de maio), antes da paralisação das competições por conta do coronavírus, não havia sido definida.

Pensando nos compromissos que o Peixe teria, o técnico Jesualdo Ferreira provavelmente mandaria uma equipe mista para a estreia na competição nacional. Isso porque o Santos jogaria, na próxima terça-feira, contra o Defensa y Justicia (ARG), pela última rodada da fase de grupos da Libertadores.

Além disso, o time de Sánchez, Soteldo e cia poderia ter disputado a final do Campeonato Paulista, que ocorreria inicialmente no dia 26 de abril, ou seja, no final de semana anterior a este. Antes da parada, o Santos era o líder do Grupo A, com 15 pontos, cinco acima do Oeste, segundo na chave.

A estreia na competição nacional poderia ser usada para dar ritmo de jogo a atletas que estavam lesionados antes da paralisação, caso do atacante Marinho, que ficou fora dos primeiros jogos da temporada por uma fratura no pé esquerdo, sofrida ainda no primeiro jogo do ano, justamente diante do Red Bull Bragantino, adversário da estreia no Brasileirão.

Diante da pandemia do coronavírus, as competições no Brasil e no mundo foram paralisadas, adiadas e/ou canceladas. No caso de Paulista e Libertadores, competições já disputadas pelo Santos neste ano, ainda não há definição do que vai acontecer.

Uma reunião está marcada entre os clubes e a Federação Paulista de Futebol na segunda-feira (4) para tentar definir o futuro do estadual. As férias coletivas da maioria das equipes brasileiras, inclusive o Peixe, acabaram na última quinta (30). Os jogadores, porém, não devem ir para o CT e seguirão fazendo as atividades de casa.

Últimas