Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

'Sem imaginar que faria tantos gols', Galoppo diz que São Paulo precisa 'estar junto pelo mesmo objetivo'

Galoppo falou sobre o carinho que recebe dos torcedores do São Paulo

Futebol|Do R7

Lance
Lance Lance

Giuliano Galoppo destacou a importância de acompanhar o São Paulo mesmo lesionado e dar apoio ao elenco em campo (e fora dele). Destaque da equipe no Campeonato Paulista, o argentino está afastado por conta de uma cirurgia no joelho desde a fase de grupos do estadual.

Em entrevista ao 'Santo Papo', podcast do clube, o meia destacou que, desde o momento que chegou, 'deu seu máximo' para a torcida e que pretende seguir na mesma premissa assim quando retornar. Para ele, 'sua consideração será a mesma, jogando ou não'.

- É um prazer enorme, algo imenso representar uma camisa com tanta história, acho que até agora dei meu máximo, no dia a dia pelo clube, mesmo jogando ou não jogando será assim. A minha consideração pelo São Paulo será sempre a mesma, quero dar o meu melhor, devolver para torcida meu apoio e meu carinho - disse.

+ Di Maria livre no mercado, Corinthians se distancia de dupla “apalavrada”… o Dia do Mercado!

Publicidade

Mesmo lesionado - e com expectativa de retorno somente a partir de setembro -, Galoppo constantemente marca presença no Morumbi para acompanhar seus companheiros durante as partidas. Durante a entrevista, destacou que 'tenta acompanhar o time ao máximo', afirmando que para ele, 'não são somente onze em campo e que todos querem a mesma coisa'.

- Tentamos muito acompanhar o time, mesmo não estando relacionado. Sempre acompanhamos, isso significa muito para o clube. Acho fundamental para o grupo, para o bem da equipe. Não são só os onze jogando, todos estão juntos pelo mesmo objetivo. Todos querem o mesmo, onde estar tem que dar seu melhor, isso tem sido fundamental para nós. Acompanhar isso é lindo - destacou.

Publicidade

+ Todos os jogos do Brasileirão você encontra no Prime Video. Assine já e acompanhe o seu time do coração!

+ Clique aqui e veja como apostar no Brasileirão

Publicidade

+ Confira os jogos e classificação resultados da Sul-Americana-23 na tabela do LANCE!

Com oito gols e duas assistências nesta temporada, Galoppo afirmou que não imaginava que faria tantos gols, uma vez que não era acostumada a jogar como centroavante, embora tenha atuado desta forma com Rogério Ceni.

- Realmente, não imaginava fazer tantos gols, me preparei muito durante as férias, durante o início do campeonato. Não sou centroavante, mas joguei assim. Não achei que iria fazer tantos gols, mas graças a Deus aconteceram. Sempre falo que é uma característica do meu jogo, chegar tanto na posição do gol. - disse.

Evolução

Na última semana, Galoppo apresentou uma boa evolução no tratamento da sua lesão. O meia fez um trabalho de coordenação motora acompanhado dos fisioterapeutas do clube. Galoppo não atua desde o dia 13 de março, quando se machucou durante o duelo com Água Santa, pelas quartas de final do Paulistão, quando o São Paulo foi eliminado nos pênaltis, no Allianz Parque. Sua lesão foi no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e ele optou por operar o local com médicos de sua confiança em Buenos Aires, na Argentina. Todo o processo foi acompanhado de perto por profissionais são-paulinos.

No final de abril, retornou ao Brasil para dar sequência ao tratamento no Reffis. No entanto, no dia 10 de maio, o meia precisou passar por uma nova operação (artroscopia) no joelho para retirar uma fibrose. Agora, trabalha no CT com auxílio dos médicos do Tricolor.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.