Futebol Secador ligado, negociações e volta de lesionados: Flamengo tem semana decisiva sem entrar em campo

Secador ligado, negociações e volta de lesionados: Flamengo tem semana decisiva sem entrar em campo

Na briga pelo título do Brasileirão, Rubro-Negro torce por tropeço do Inter nesta quarta e está perto de anunciar o primeiro reforço para a temporada de 2021

Lance
Lance

Lance

Lance

Na briga pelo título do Brasileirão, o Flamengo volta a campo apenas no próximo domingo, às 16h, diante do Corinthians, no Maracanã. Mesmo sem jogos ou viagens, a semana será movimentada nos corredores do Ninho do Urubu e da Gávea e pode ser considerada decisiva para as pretensões do Rubro-Negro nesta - e na próxima - temporada.

+ BH no topo e Pedro apenas em 16º: confira a lista dos jogadores mais utilizados por Ceni no Flamengo

Com o empate por 1 a 1 contra o Red Bull Bragantino, no último domingo, o Flamengo desperdiçou a oportunidade de assumir a liderança provisória do Brasileirão. Para piorar a situação, o Rubro-Negro deixou de depender apenas de si para se sagrar campeão e terá que torcer contra o líder Internacional nas próximas rodadas.

Nesta quarta-feira, às 19h (de Brasília), o Colorado enfrenta o Sport, no Beira-Rio, em confronto da 35ª rodada. Em caso de vitória, o clube gaúcho abrirá quatro pontos de vantagem para o Flamengo e aumentará o favoritismo ao título brasileiro. Antes da partida, de acordo com o site "Infobola", o Inter tem 73% de chances de ser campeão, enquanto o clube rubro-negro tem 23%.

+ Ainda dá para o Fla? Confira a tabela completa do Brasileirão

CHEGADAS E SAÍDAS PARA 2021

Além do "secador ligado" na direção de Porto Alegre, a semana do Flamengo será marcada pelos próximos capítulos de negociações em andamento. Com a temporada de 2021 batendo na porta, a diretoria já iniciou o planejamento da montagem do elenco e pode sacramentar acordos até o fim da semana.

O caso mais avançado é a chegada por empréstimo do zagueiro Bruno Viana, vindo do Braga, de Portugal. O atleta desembarcou no Rio de Janeiro, na última segunda-feira, e acertou os últimos detalhes com os dirigentes rubro-negros. Os contratos, agora, estão sendo revisados pelos advogados, e a tendência é de que o processo burocrático seja solucionado nas próximas horas.

Há, inclusive, a previsão do atleta de 26 anos começar os treinos no Ninho do Urubu até o fim desta semana. O vínculo de empréstimo será até o fim de 2021, e o Flamengo terá opção de compra junto ao Braga, no valor de 7 milhões de euros (cerca de R$ 45 milhões).

+ Fla está perto de encorpar setor tido como 'Calcanhar de Aquiles' na atual temporada

No mesmo voo que trouxe Bruno Viana, outro alvo do Flamengo chegou ao Rio de Janeiro. Ou melhor, retornou. Depois de cinco meses na Grécia, Rafinha rescindiu o contrato com o Olympiacos e está livre para voltar ao clube onde foi campeão do Brasileirão e da Libertadores em 2019.

A diretoria demonstrou interesse em contar com o lateral-direito, mas mantém uma postura cautelosa diante da nova realidade financeira. O clube impôs as condições de tempo de contrato e valores, e as partes terão reuniões ao longo da semana para buscar um acordo. No desembarque, Rafinha deixou claro o carinho pelo Fla e disse que "não tem nada decidido".

Além de contratações, o Flamengo também se movimenta para definir a saída de alguns atletas do elenco. O mais próximo de deixar o Rubro-Negro é o goleiro César, que chegou a um acordo com Atlético-GO e será empréstimo até o fim de 2021. Outro que recebeu sondagens recentemente foi o lateral João Lucas - do Atlético-GO e do Juventude.

RECUPERAÇÃO DOS LESIONADOS

Outra prioridade do Flamengo na semana será a recuperação dos atletas lesionados. Na reapresentação do elenco, nesta terça-feira, Rodrigo Caio e Diego Ribas deram sequência ao trabalho de transição no campo e estão próximos a retornar às atividades com o restante do grupo.

O zagueiro está recuperado de uma lesão muscular na coxa e deve ficar à disposição de Rogério Ceni após cinco partidas fora. O meia, por sua vez, sofreu uma entorse no tornozelo direito contra o Vasco, na última quinta-feira. Com fratura descartada, a tendência é o camisa 10 reassumir a posição de titular contra o Corinthians.

Por outro lado, Diego Alves tem situação mais delicada. O goleiro, que sofreu uma nova lesão muscular contra o Sport, segue entregue ao departamento médico. O clube trata a recuperação com cautela para não agravar a contusão do atleta, que tem poucas chances de estar 100% até domingo.

Últimas