'Se Messi está mal, faz três', diz técnico do Mallorca, adversário do Barça neste sábado

Barcelona defende a liderança do Campeonato Espanhol diante do time das Ilhas Baleares, neste sábado, às 17h (de Brasília), no Camp Nou; Messi deve apresentar sexta Bola de Ouro

Lance

Lance

Lance

Após a vitória sobre o Atlético de Madrid no último domingo, conquistada graças a uma obra de arte de Lionel Messi nos minutos finais, o Barcelona volta a campo para defender a liderança do Campeonato Espanhol neste sábado, diante do Mallorca. As equipes duelam a partir das 17h (de Brasília), no Camp Nou.

+ Confira a classificação do Campeonato Espanhol

Adversário dos catalães neste fim de semana, o time das Ilhas Baleares figura na 17ª posição, uma acima da zona de rebaixamento. Em coletiva de imprensa, Vicente Moreno, técnico do Mallorca, esticou o tapete para Lionel Messi. O comandante citou a reação de Diego Simeone após o gol do camisa 10 sobre o Atleti, há quase uma semana, e salientou as qualidades do craque - que deve apresentar sua sexta Bola de Ouro ao Camp Nou.

- Não existe uma fórmula para parar Messi, isso todos sabemos. Aplaudiremos (pela Bola de Ouro), mas vamos tentar estragar sua festa. Mas é um jogador que em 700 jogos, marcou mais de 600 gols, quase um por partida. Se está mal, te mete três. Contra o Atlético, Simeone quase o aplaudiu. Pontuar ali (casa do Barça) é complicado para todo mundo - lamentou Moreno.

Apesar da boa fase de Messi, a classificação antecipada para o mata-mata das Liga dos Campeões e primeira posição de La Liga - empatado em 31 pontos com o vice-líder Real Madrid -, o Barça vive uma temporada de altos e baixos. O técnico Ernesto Valverde, que recebe críticas por não conseguir entregar um jogo vistoso - marca dos catalães nas últimas décadas -, busca equilíbrio em meio a essa montanha-russa.

- Quando as coisas acontecem muito rápido, parece que tudo está errado porque você joga mal no Leganés, ou tudo muito bem porque vence (Borussia) Dortmund o Atlético (de Madrid). Mas nem uma coisa nem outra. Temos uma obrigação com o resultado e com o jogo (contra o Mallorca), e estamos com a moral elevada após o resultado contra o Atlético - disse Valverde.