Futebol São Paulo vive dia de treino final para duelo e de 'secar' rivais na abertura da penúltima rodada do Brasileirão

São Paulo vive dia de treino final para duelo e de 'secar' rivais na abertura da penúltima rodada do Brasileirão

Resultados de jogos envolvendo Bahia e Grêmio, clubes que lutam contra o rebaixamento à Série B, poderão garantir permanência do Tricolor na elite antes de time pegar o Juventude 

Lance
Lance

Lance

Lance

O time do São Paulo só vai entrar em campo na segunda-feira para enfrentar o Juventude, às 19h, no Morumbi. Mas, antes deste confronto, o domingo já será decisivo para o Tricolor, que está prestes a viver as emoções de um dia no qual dividirá as atenções entre a preparação para o duelo com a equipe gaúcha e a abertura da penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. E o início da jornada terá dois jogos cujos resultados poderão assegurar a sua permanência na elite

A derrota por 3 a 0 para o Grêmio, sofrida na última quinta-feira à noite, em Porto Alegre, manteve o time comandado pelo técnico Rogério Ceni sob risco de rebaixamento à Série B e ainda fez o clube cair da 12ª para a 14ª posição do Brasileirão no complemento das 35ª e 36ª rodadas da competição, que foram finalizadas apenas na última sexta-feira à noite com quatro partidas.

Com 45 pontos, a equipe são-paulina está cinco à frente do Bahia, que hoje encabeça a zona de rebaixamento, em 17º lugar, e neste domingo recebe o Fluminense, às 16h, na Arena Fonte Nova, em Salvador. No mesmo dia e horário, o Grêmio, 18º colocado, com 39 pontos, encara o Corinthians na Neo Química Arena, na capital paulista. E se o time carioca e o Alvinegro conquistarem ao menos um empate nestes dois confrontos, o clube do Morumbi vai ter garantida por antecipação a sua continuidade na Série A.

Isso porque, caso não vençam seus duelos deste domingo, os tricolores gaúcho e baiano não terão mais como alcançar o São Paulo na rodada derradeira do Brasileirão, na qual enfrentarão, respectivamente, o campeão Atlético-MG, em Porto Alegre, e o Fortaleza, na capital cearense, na próxima quinta-feira.

APENAS 2% DE CHANCES DE SER REBAIXADO EM RETA FINAL

O São Paulo, por sua vez, terá pela frente o América-MG na quinta, no estádio Independência, em Belo Horizonte, no fechamento de sua campanha depois de receber o Juventude no Morumbi nesta segunda. E os comandados de Rogério Ceni continuam dependendo apenas de si mesmos para continuarem na elite nacional, sendo que o site Infobola, do matemático Tristão Garcia e referência há mais de uma década em cálculos de probabilidades no futebol brasileiro, aponta que hoje as chances de rebaixamento do Tricolor são de apenas 2%.

Para justificar as suas probabilidades, o Infobola explica que, além de considerar o mando de campo das partidas e o retrospecto dos times no Brasileirão, tem um "sistema de cálculo que permite comparar os clubes não apenas pela pontuação ou aproveitamento, mas também pela dificuldade dos jogos de cada equipe, avaliada em função dos adversários e do fator local".

Com base nestes fatores, o site aponta que o Grêmio tem hoje 91% de chances de ser rebaixado e o Bahia possui 75%, enquanto o Cuiabá e o Juventude vêm em seguida na "classificação do desespero", com 18% e 12%, respectivamente.

Com 45 pontos, o São Paulo ficará de olho nos jogos deste domingo pela TV e, ao mesmo tempo em que torce para ver o risco de descenso à Série B acabar de vez, o clube ainda vislumbra a conquista de uma vaga na fase preliminar da Copa Libertadores. Se vencer seus dois últimos confrontos, o Tricolor finalizará a sua campanha com 51pontos, número contabilizado hoje pelo Fluminense, sétimo colocado do Brasileirão. O América-MG, último rival do Tricolor, está em oitavo, com 49, fechando a zona de classificação à competição continental.

Últimas