Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

São Paulo: Rogério Ceni atualiza as situações dos lesionados Alisson, Igor Vinícius e Arboleda

O treinador do Tricolor paulista expôs a situação de desfalques importantes que o time está enfrentando nas últimas partidas

Futebol|Do R7


Lance
Rogério Ceni explicou o caso de alguns lesionados do São Paulo (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Que o Departamento Médico do São Paulo se tornou um problema frequente nesta temporada não é novidade. Mas quase no final do ano, o Tricolor lida com retornos importantes de jogadores afastados e com a projeção de outros atletas que enfrentam situações mais delicadas. Após a vitória contra o Coritiba, o treinador Rogério Ceni expôs alguns casos.

ATUAÇÕES: São Paulo perde chances, mas Calleri e Luciano resolvem em vitória sobre o Coritiba

Veja tabela do Campeonato Brasileiro e simule os próximos jogos

Nesta quinta-feira (20), Ceni contou com a volta de Moreira como titular e já relacionou Nikão novamente. A cria de Cotia enfrentou uma recuperação de uma lesão no menisco do joelho em tempo recorde. O jovem jogador passou por um procedimento de artroscopia e não entrava em campo desde setembro. Já o camisa 10, após onze jogos afastado por uma lesão na coxa, também retornou, mas não entrou em campo.

Publicidade

Os casos discutidos por Rogério Ceni durante a coletiva de imprensa disseram respeito a Igor Vinícius, Alisson e Arboleda.

Igor Vinícius foi diagnosticado durante a semana com um quadro de dor no púbis, após o clássico sem gols contra o Palmeiras, e não foi relacionado contra o Coritiba.

Publicidade

Alisson, por sua vez, virou um problema de última hora antes de enfrentar a equipe de Abel Ferreira. Este, no caso, enfrenta um quadro de edema na coxa.

Arboleda, sem dúvidas, é o caso mais complicado de todo o Departamento Médico do São Paulo. Em junho, durante clássico contra o Palmeiras no Morumbi, o zagueiro sofreu uma fratura e um rompimento de ligamentos no tornozelo. A lesão se tornou cirúrgica e afastou o equatoriano dos gramados - ainda sem previsão de retorno, de acordo com Ceni. A principal expectativa é que o defensor retornasse a tempo de disputar a Copa do Mundo por seu país natal - algo que também foi citado pelo treinador nesta quinta-feira (20).

- O Alisson acho difícil estar esse final de semana. Está com um edema na coxa que se agravou, não tem lesão muscular, acho que semana que vem deverá treinar. Igor Vinícius sentiu uma dor no púbis, no jogo do Palmeiras, não treinou conosco essa semana. Amanhã preciso conversar com o doutor Sanches para ver o que ele passa. Arboleda vem treinando, evoluindo dia após dia. Ainda não iniciou um processo, participa das atividades, mas não competindo com o elenco. Está em um processo de adaptação, treinou com os outros hoje de manhã, não sei ainda como ele estará. Quem irá definir isso é ele e o departamento médico a hora que ele tiver condições. Acredito que não deva demorar, ele não tem muito tempo se quiser disputar a Copa - explicou Rogério Ceni.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.