São Paulo relembra tri da Libertadores nas redes sociais

O clube realizou uma série de postagens da conquista de 15 anos atrás, no dia 14 de julho de 2005, em goleada em cima do Athletico-PR, no Morumbi

Lance

Lance

Lance

O perfil oficial do São Paulo no Twitter não deixou a data desta terça-feira passar em branco. No dia 14 de julho de 2005, o Tricolor paulista conquistou a sua terceira Copa Libertadores, há exatos 15 anos, com o placar de 4 a 0 em cima do Athletico-PR, no estádio do Morumbi.

Os gols foram marcados por Amoroso, Fabão, Luizão e Tardelli, jogadores que foram lembrados pelo clube em imagens, assim como a escalação titular em diversas postagens desde o período da manhã, sob os dizeres “Heróis da América 05”. No jogo de ida, no Beira-Rio, a partida terminou em empate por 1 a 1.

A escalação era formada por: Rogério Ceni (capitão); Fabão, Diego Lugano e Alex; Cicinho, Mineiro, Josué, Danilo e Junior (Fábio Santos, 40'/2); Amoroso (Diego Tardelli, 33'/2) e Luizão (Souza, 28'/2), sob comando do técnico Paulo Autuori.

Para chegar até àquele momento, o clube paulista conquistou a vaga para disputar a Libertadores ao ficar em terceiro lugar no Brasileirão em 2004. Depois, contratou nomes experientes para a disputa, casos de Mineiro, Josué e Luizão, e foi campeão paulista em 2005.

Na primeira fase da Libertadores, o São Paulo terminou em primeiro do grupo 3, com 12 pontos (três vitórias e três empates), ficando à frente de Universidad de Chile, Quilmes e The Strongest. Nas oitavas de final, despachou o rival Palmeiras ao batê-lo com duas vitórias, por 1 a 0 e 2 a 0. Nas quartas, deixou para trás o Tigres, vencendo uma (4 a 0) e perdendo outra (2 a 1), enquanto venceu o River Plate na semi, ao batê-lo por 2 a 0 e 3 a 2.

Finalmente, na decisão encontrou o Athletico-PR (que, na época, ainda era Atlético) e empatou por 1 a 1 e venceu por 4 a 0 em pleno Morumbi, com a presença de quase 72 mil torcedores. Com cinco gols cada, Rogerio Ceni e Luizão foram os artilheiros do time.