Futebol São Paulo inicia semana sob pressão e com decisão na Libertadores

São Paulo inicia semana sob pressão e com decisão na Libertadores

Derrota para o Fortaleza no último sábado pelo Brasileirão, em pleno Morumbi, fez Crespo desabafar e Casares mostrar apoio ao técnico. Missão agora é retomar tranquilidade

Lance
Lance

Lance

Lance

A semana do São Paulo começa sob pressão da torcida e uma decisão na Taça Libertadores. Após ser derrotado por 1 a 0 para o Fortaleza, no Morumbi, o Tricolor viu as críticas sobre o técnico Hernán Crespo aumentarem.

São Paulo joga a vida na Libertadores contra o Racing: veja os jogos da equipe na Argentina neste século

A má campanha da equipe no Campeonato Brasileiro, com somente 11 pontos e na 15ª colocação, é a principal reclamação dos torcedores. Na entrevista coletiva após a derrota para os cearenses, Crespo desabafou e fez questão de ressaltar que sabe que o Tricolor precisa evoluir.

VEJA A TABELA DA LIBERTADORES E SIMULE OS RESULTADOS

- Com potencial econômico, os tempos para resolver os problemas são mais curtos. Mas isso não acontece, isso não pode continuar, então devemos trabalhar dia a dia, sabendo que vamos sofrer, que vamos passar por situações difíceis, mas que vamos continuar trabalhando como estávamos fazendo até aqui, todos juntos, a diretoria pagando dividas, nós provando sermos competitivos, no limite do possível - disse Crespo em entrevista coletiva.

O desabafo e a pressão da torcida, que postou um comunicado criticando alguns jogadores, fez com que o presidente do São Paulo, Julio Casares, se manifestasse nas redes sociais mostrando apoio à comissão técnica do argentino, que vale ressaltar, tirou a equipe da fila de nove anos sem conquistas após o título do Campeonato Paulista.

- Estamos trabalhando para reconstruir o clube. Reorganizando e QUITANDO as dívidas terríveis de curtíssimos prazos. O planejamento continua com serenidade e total apoio da diretoria ao competente técnico Hernán Crespo - publicou o presidente do São Paulo.

A missão agora é retomar a tranquilidade com uma vaga nas quartas de final da Libertadores, o que daria mais fôlego para a diretoria, o técnico Crespo e o elenco do São Paulo. Com desfalques e um calendário apertado, o time viaja para a Argentina nesta segunda-feira (19) para enfrentar o Racing na terça-feira (20), pela partida de volta das oitavas de final da Libertadores.

Após empatar em 1 a 1 no Morumbi, o time entra em campo às 21h30 (horário de Brasília), no estádio El Cilindro, precisando de gols para se classificar, uma vez que o 0 a 0 classifica os argentinos pelo critério de gols fora de casa.

Últimas