Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

'São Paulo fez o que deveria fazer como entidade, se preservar', diz Ceni sobre caso Pedrinho

Treinador não teve como fugir de pergunta sobre acusação de violência doméstica contra seu jogador

Futebol|

Lance
Lance Lance

O São Paulo venceu o Botafogo por 3 a 1 neste domingo (5), selou sua liderança no Grupo B e garantiu a vantagem de ser o mandante nas quartas de final do Campeonato Paulista ante o Água Santa. Tudo isso seria o assunto prioritário se não tivesse explodido na última semana o caso Pedrinho, afastado do clube após ser acusado de agredir a ex-namorada.

Ainda nos vestiários do estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP), o comandante são-paulino não teve como fugir do assunto policial envolvendo o seu jogador. E mostrou que concorda com a postura adotada pelo clube no episódio.

+ ATUAÇÕES: Luan faz golaço, e Welington é grande destaque em vitória essencial do São Paulo

- O caso vai ter o seu desenrola nos próximos dias e o clube, como entidade, fez o que deveria ser feito para preservar as coisas. Ninguém é culpado sem julgar.

Publicidade

Ceni só não quis responder sobre a informação vazada de que foi jogada em suas mãos a decisão de utilizar ou não o jogador, que treinou normalmente no dia seguinte à divulgação do caso.

- A decisão foi tomada com a direção em conjunto com o Pedrinho. E a nota de esclarecimento do São Paulo esclarece tudo. Todos nós concordamos que ninguém aceita agressões, seja ela de que lado for, na vida como um todo, no campo de jogo... O respeito é mais importante.

Publicidade

Após as acusações da ex-namorada de agressão e ameaça, Pedrinho pediu para ser afastado do São Paulo. O anúncio foi feito por meio de suas redes sociais. E não pelo clube.

O caso veio à tona na última quarta-feira (1). A denúncia foi feita pela ex-companheira do atacante, uma influenciadora digital de 20 anos. O caso será investigado pela 4ª Delegacia de Defesa da Mulher, da Zona Norte paulistana, onde a ocorrência foi registrada como violência doméstica, ameaça, injúria e lesão corporal.

Publicidade

Segundo a polícia, a vítima 'apresentava sinais de lesões, que foram fotografadas e anexadas ao inquérito policial. Além disso, ela representou criminalmente contra o autor.

Nestes dois dias após a acusação, a diretoria do Tricolor paulista organizou uma série de reuniões para discutir o futuro de Pedrinho. O jogador não havia se manifestado até a noite desta sexta-feira (3), quando em nota disse que pediu seu afastamento temporário das atividades para 'colaborar com o trabalho das autoridades'.

- Em respeito ao São Paulo Futebol Clube e aos milhões de torcedores e torcedoras, gostaria de informar que, na tarde desta sexta-feira, alinhado com a diretoria do clube, pedi o meu afastamento temporário das atividades. Tomei essa decisão para priorizar e colaborar, de forma exclusiva, com o trabalho das autoridades para esclarecer, o mais rápido possível, todas as acusações registradas ao meu respeito para que em breve possa retomar a minha carreira. Aproveito para agradecer à minha família e à minha empresária, Roberta, que estão me apoiando de maneira incondicional - destacou.

A Polícia Civil paulista vai colher em breve o depoimento do meia-atacante. Ao LANCE!, autoridades ouvidas apontam que a defesa do jogador o colocou a total disposição das investigações sobre as acusações feitas de que teria agredido a sua ex-namorada. Ao L!, investigadores também contaram que o jogador teria marcas e ferimentos pelo corpo, o que caracterizaria que foi atacado.

Ainda na noite de quarta-feira (1), o São Paulo divulgou nota onde afirmava que acompanhará o caso 'com máxima atenção' e 'que tomaria as medidas cabíveis.'

- O São Paulo tomou conhecimento na noite desta quarta-feira (1º) do Boletim de Ocorrência contra o jogador Pedrinho, registrado por Amanda Nunes, sua ex-namorada. A entidade aguarda e acompanhará com máxima atenção a apuração da polícia e dos demais ´órgãos competentes. O Clube jamais compactuará ou aceitará qualquer tipo de agressão contra a mulher e, com o caso devidamente apurado, tomará todas as medidas cabíveis que se fizerem necessárias - diz o texto divulgado pelo Tricolor.

+ Mata-mata definido: veja os classificados, rebaixados e os confrontos das quartas do Paulistão

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.