Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

São Paulo admite atraso por pagamento de um dos principais reforços do ano, mas busca entendimento

Fluxo de caixa dificultou cofres do Tricolor, que busca acerto com Atlético-GO por Wellington Rato

Futebol|

Lance
Lance Lance

O São Paulo admite que não quitou a totalidade da primeira parcela dos R$ 5 milhões que terá que desembolsar ao Atlético-GO por 80% dos direitos federativos do ponta Wellington Rato, um dos principais nomes do elenco tricolor na temporada.

Fontes no Morumbi ouvidas pelo LANCE! apontam que houveram atrasos de recebíveis de outros clubes, por esse motivo, se gerou um descompasso e o atraso.

+ Saiba 20 brasileiros no exterior que podem assinar pré-contrato com qualquer clube

Ao todo, o Tricolor teria que pagar R$ 2 milhões ao Dragão para quitar a primeira parcela, porém só pagou metade disso.

Publicidade

O São Paulo pretende resolver a pendência assim que tais recursos entrarem nos cofres, mas não há uma data certa para que isso ocorra.

Apesar do tom alarmista que o Dragão adotou nos últimos dias, vazando notícias de que 'procuraria a Justiça', o Tricolor não acredita que as relações ficarão abaladas. Os dois clubes vem conversando para acertar a situação.

Publicidade

Além disso, o São Paulo já enfrentou problemas de pagamento por parte do clube goiano. Em 2020, o Dragão ficou devendo por seis meses os R$ 300 mil pelo empréstimo do goleiro Jean. E o valor só foi recebido após o Tricolor procurar o CNRD (Câmara Nacional de Resolução de Disputas), órgão da CBF que intermedia questões entre os clubes.

Rato é o jogador de linha que mais atuou até aqui no ano pelo São Paulo. Foi titular em todas as 11 partidas da temporada disputadas, anotando um gol e se destacando como batedor de faltas e escanteios.

> Confira jogos, classificação e simule os resultados do Paulistão-23

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.