Futebol Santos: Rueda detalha condições do empréstimo de John ao Internacional

Santos: Rueda detalha condições do empréstimo de John ao Internacional

Goleiro renovou o contrato com o Peixe por uma temporada antes de ser emprestado

Lance
Lance

Lance

Lance

O presidente do Santos, Andres Rueda, detalhou as condições do empréstimo do goleiro John ao Internacional. O Colorado pagou um valor não revelado pelo empréstimo e 15% dos direitos do atleta, que cedeu 30% que tinha dos direitos ao Peixe. Além disso, o goleiro, que ficará no Inter por uma temporada, renovou o contrato por mais um ano - agora vai até o final de 2025.

- As negociações avançaram, a proposta de empréstimo contempla uma aquisição de 15% do time que está levando. O John cedeu ao Santos 30% do que eram dele. Vai ser emprestado com contrato de um ano, valor estipulado e a gente tomou um cuidado. Não poderíamos receber ele de volta com um ano de contrato. Renovamos por um mais ano para ter uma garantia que, caso ele retorne, o clube não fique com a faca no pescoço para renovar ou perder o jogador sem ganhar nada - afirmou Rueda, em entrevista ao programa Os Donos da Bola, da TV Bandeirantes.

+ Valores aumentados: saiba as premiações da Libertadores e Sul-Americana 2023 fase a fase

Rueda não escondeu um incômodo com a postura do John. O goleiro manifestou a vontade de sair do clube para ter minutos de jogo duas vezes, sendo a primeira delas na reta final do Brasileirão de 2022.

- Faltando 12 partidas para terminar o Brasileiro, o John externou a vontade de jogar e a situação do Santos não era boa. Falei - você está louco, vem me dizer que quer jogar em outro clube, esquece isso. Tem contrato e tem de honrar. Entendo a sua vontade de jogar, fica aqui e se surgiu uma boa proposta no final do ano eu te libero - Tivemos de conversar muito, e acalmou a situação, mas não tinha vindo uma proposta interessante - afirmou Rueda.

Botafogo e São Paulo mostraram interesse na contração de John, mas nenhuma proposta chegou ao Santos no modelo que interessava ao clube. Então, o presidente Andres Rueda revelou uma nova conversa com o atleta, em que a permanência ficou acertada, mas novamente o goleiro manifestou o desejo de sair.

- O Campeonato Paulista estava apor começar, chamei ele e falei vida que segue, foca no Santos e fica com a gente. Passou uma semana, o assunto estava esgotado, mas o empresário veio com a proposta de empréstimo de um time. Não dá. Não posso deixar meu técnico com o titular e a segunda opção a toda hora falando que queria sair e jogar. Nesse momento eu busquei a opção do Vladimir - explicou Rueda.

Vladimir foi contratado há duas semanas e assinou um vínculo de dois anos com o Peixe.

Últimas