Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Santos insiste em Roberto Pereyra e tentou contratar Willian Arão

Janela fechou, mas times brasileiros podem acertar com jogadores livres no mercado

Futebol|Do R7


Lance
Pereyra é alvo do Peixe (Foto: Reprodução / Twitter)

O Santos ainda sonha com a contratação do meia Roberto Pereyra, que está livre no mercado após deixar a Udinese, da Itália, na última temporada. Além disso, o Alvinegro negociou com o volante Willian Arão, ex-Flamengo, mas esbarrou na concorrência de equipes árabes.

O Peixe encaminhou uma oferta robusta ao atleta argentino há semanas, porém ainda não obteve resposta. Mesmo assim, o coordenador esportivo alvinegro, Paulo Roberto Falcão, garante que o time da Vila Belmiro não 'jogou a toalha'.

- Roberto é um jogador que estamos tentando há quatro ou cinco meses, três meses. É um jogador que poderia agregar muito. Foi feito o possível para trazê-lo, está sendo feito. Mas dependemos de outras situações. Pode vir Arábia ou Qatar, fica inviável, a família pode querer permanecer na Itália. São tantas variáveis que a gente não tem controle. Temos controle em fazer proposta boa, mas não temos condição de influenciar em determinadas coisas. A proposta é acima do que se imaginava - disse Falcão, após a coletiva de apresentação do zagueiro João Basso. Clique aqui e veja como foi a chegada do jogador!

WILLIAN ARÃO?

Publicidade

Falcão também revelou que o Peixe enfrenta algumas dificuldades no mercado. Uma delas é a concorrência externa, e o dirigente revelou que, além de Pereyra, o Santos negociava com Willian Arão, do Fenerbahçe (TUR), mas as tratativas ficaram inviáveis.

- Como já aconteceu, temos jogadores quase fechados, vem a Arábia e cobre a proposta. Não tem como competir. O Willian Arão, por exemplo, estávamos negociando e veio a Arábia.

Publicidade

+ Já atualizou sua camisa de 2023? Confira os novos uniformes do Peixe!

!FOCO!

Com a janela de transferências fechada para times brasileiros contratarem jogadores de outros clubes, o Santos agora foca esforços em trazer atletas livres no mercado, como é o caso de Pereyra.

- A nossa dificuldade foi que o dinheiro do Ângelo não tinha chegado até ontem. Às vezes queremos ir a um restaurante caro para comer bem, mas indo num restaurante barato não significa que não vai comer bem. Agora vamos focar em jogadores livres no mercado - explicou Falcão.

Com o dinheiro da venda de Ângelo para o Chelsea em conta, o Santos tem até o dia 15 de setembro para inscrever reforços livres no Brasileirão.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.