Santos e Flamengo se enfrentariam nesta quarta pelo Brasileirão

Após serem os dois primeiros colocados do Campeonato Brasileiro em 2019, confira os motivos que dariam um sabor especial ao primeiro confronto entre eles neste ano

Lance

Lance

Lance

Principais equipes da última edição do Campeonato Brasileiro, Santos e Flamengo se enfrentariam nesta quarta-feira, com mando santista, caso o futebol não tivesse paralisado no país há quase três meses, por conta da pandemia do novo coronavírus.

O duelo seria válido pela sexta rodada da competição nacional deste ano e teria mando santista. O duelo também poderia acontecer nesta quinta-feira, já que a CBF ainda não havia desmembrado a tabela do campeonato, mantendo, a princípio, todas as partidas para o dia 10 de junho.

Confira os principais motivos que fariam Santos e Flamengo ser o principal jogo do dia, caso acontecesse hoje.

Disputa em 2019

Embora o Rubro-Negro tenha sido o time a ser batido na América do Sul, em 2019, conquistando o Brasileirão e a Libertadores, a equipe brasileira que chegou mais perto de frear os cariocas foi o Peixe, à época comandado pelo argentino Jorge Sampaoli.

O Santos registrou a sua melhor campanha na era dos pontos corridos, com desempenho melhor do que 2004, ano em que foi campeão. Durante algumas rodadas chegou até a figurar na liderança, mas viu o clube carioca disparar na 19ª rodada, quando venceu o Alvinegro Praiano por 1 a 0, no estádio do Maracanã.

Último confronto

Mesmo tendo conquistado o Brasileirão com quatro rodadas de antecedência, os atletas flamenguistas não foram poupados no restante da competição. Na última rodada, a equipe reencontrou o Peixe, essa vez na Vila Belmiro, às vésperas da viagem do elenco ao Catar, para a disputa do Mundial de Clubes.

Enquanto isso, o Santos, então segundo colocado da competição nacional, precisava vencer para confirmar a vice-liderança. E os comandados de Jorge Sampaoli não tomaram conhecimento do campeão brasileiro e aplicaram uma sonora goleada por 4 a 0, com destaque para o trio Sánchez, Marinho e Soteldo. O Flamengo não perdia há quatro meses e quatro dias.

Duelo entre portugueses

Após a saída de Jorge Sampaoli do Peixe, no fim do ano passado, o Santos, movido pelo sucesso de Jorge Jesus no Flamengo, apostou no mercado português, contratando Jesualdo Ferreira. Assim como o comandante flamenguista, o técnico do Alvinegro Praiano tem uma vasta história em Portugal, inclusive tendo rivalizado com Jesus no clássico entre Porto e Benfica nos anos de 2009 e 2010.

O duelo entre paulistas e cariocas desta quarta-feira marcaria o reencontro de dois grandes treinadores lusitanos, enquanto um consolidado e outro buscando a afirmação no Brasil.