Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Santos avalia Fábio Carille e Roger Machado antes de oficializar demissão de Odair

Peixe deve anunciar saída do treinador gaúcho até o fim do dia

Futebol|Do R7


Lance
Lance

O Santos deseja o retorno do técnico Fábio Carille, que está no V-Varen Nagasaki, do Japão. Roger Machado, sem clube desde setembro de 2022, quando deixou o Grêmio, também é avaliado.

Decidida em demitir o técnico Odair Hellmann, a direção santista ainda não oficializou a saída, mas desde a manhã desta quinta-feira (22) já avalia o mercado em busca de um substituto.

Carille é visto como o profissional que mais apresentou respostas positivas no período em que esteve à frente do Santos, em setembro de 2021 até fevereiro de 2022, e sua saída foi um erro de gestão. Na época, a medida foi tomada pelo então executivo de futebol Edu Dracena, que tinha divergências com o treinador.

+ Até 70% OFF em produtos do Peixe para os torcedores fanáticos!

Publicidade

Porém, a própria contratação de Dracena para o cargo diretivo hoje é analisada como um equívoco. O presidente Andres Rueda já deu declarações públicas demonstrando arrependimento da demissão de Carille.

+ Suaréz vai parar? Veja 10 feras estrangeiras que se aposentaram no futebol brasileiro

Publicidade

+ Olho no Brasileirão! Assine o Prime Video e acompanhe todos os jogos do seu time do coração!

COMO CONVENCER O SUBSTITUTO

Publicidade

O entendimento da diretoria santista é que a oportunidade de voltar ao Brasil pode convencer Carille a aceitar um possível convite do Santos, que ainda não aconteceu. Por outro lado, seja qual for o profissional contratado, ele só teria contrato até o fim do ano, quando termina o mandato da gestão atual. Isso pode ser um impeditivo para Carille, que está empregado e tem contrato até janeiro de 2024 com o clube japonês.

O planejamento da diretoria santista é comunicar Odair Hellmann — que tem vínculo até o final de 2023 — da sua demissão até o fim do dia. O departamento financeiro tem se organizado em relação à multa rescisória do treinador, que hoje gira em torno de R$ 3 milhões - valor que representa os salários e demais direitos do técnico até o fim do contrato. Depois, os primeiros contatos formais serão feitos para a contratação de um novo profissional.

Enquanto isso, o estafe de Roger Machado entrou em contato com a direção alvinegra de maneira informal. O nome do treinador foi oferecido ao clube alvinegro, que não mostrou resistência à opção. Pessoas próximas ao profissional, inclusive, disseram que não seria problema firmar um contrato até dezembro deste ano.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.