Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Sampaoli dá receita para o Flamengo na final da Copa do Brasil: 'Jogar com nossas vidas'

Treinador comenta sobre comemoração do elenco em seu entorno

Futebol|

Lance
Lance Lance

Após a classificação do Flamengo à final da Copa do Brasil, Jorge Sampaoli celebrou a vitória sobre o Grêmio e começou a projetar a decisão contra o São Paulo. Em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (17), após o jogo no Maracanã, o treinador deu a receita para seus jogadores saírem campeões.

+ Cinco camisas do Flamengo que fizeram história

- Espero que tenhamos vontade e motivação necessárias para vencer um título. Esses jogadores vêm de finais que não foram bem, da eliminação da Libertadores. Temos que jogar essa final com nossas vidas - disse Sampaoli.

O argentino também comentou sobre o momento da comemoração do gol de Arrascaeta, em que os atletas se reuniram na área técnica e celebraram juntos com ele. Sampaoli fez questão de colocar panos quentes com relação às polemicas e afirmou que viveu um momento de alegria com o elenco.

Publicidade

- A união é importante, mas é mais importante quando as coisas não saem (bem). Na vida, no futebol, normalmente as coisas saem menos bem do que saem bem. Então aí que se vê realmente o ser humano, quando as coisas não funcionam. Quando a coisa vai bem, quando faz o gol, o festejo é normal. Com certeza, a solidão do treinador, na derrota, teria acontecido hoje também. Creio eu que a decisão de um treinador, a tomada de decisão de um treinador está vinculada à área que é a projeção e a execução é outra área com a qual eu não chego até lá. Se tenho amor pela forma de jogar, de treinar, à qual o time está tentando, às vezes pode acontecer, às vezes não pode, pela transição que estamos fazendo no Flamengo, depois de uma grande crise antes da minha chegada. Então pode acontecer, como pode não acontecer. Então, estamos tentando por todos os lugares. Estamos tentando convencer um grupo de jogadores que atua de determinada maneira, isso demanda tempo, algumas vezes acontece rápido e às vezes não acontece nunca.

O Flamengo encara o São Paulo na decisão da Copa do Brasil, embora os mandos de campo ainda não estejam definidos. O confronto de ida será realizado no dia 17 de setembro, enquanto o último jogo será disputado no dia 24 do mesmo mês.

Publicidade

VEJA OUTROS TRECHOS DA COLETIVA DE SAMPAOLI

FINAL

Publicidade

- É uma emoção chegar na final da Copa do Brasil. O time esteve muito melhor do que vinha jogando nos últimos tempos. Estou feliz.

PULGAR

- Pulgar é um volante fixo que nos dá muito equilíbrio. Quando ele joga, o time tem muita compensação e muita saída de bola, então optei por ele. Deixou de jogar pela lesão. Sinceramente, para mim, ele é muito importante.

LUIZ ARAÚJO

- Eu creio que o Luiz Araújo está para jogar, tenho dúvidas se começa ou não. Ele está em um ótimo nível. Como falei, no meio desse círculo quente do futebol, temos o Pulgar por cima ou por baixo. Não é para destruir o meio, temos que fazer escolhas. As pessoas às vezes precisam dessa violência no futebol para viver. Fazemos parte disso.

CONVERSA COM PEDRO

- Eu não falo de situações privadas. Tenho relações com o jogador. Mas sinceramente, minhas palestrar privadas não menciono.

DECISÃO EM UM MÊS

- Temos que jogar como hoje para competir que está em um momento de crescimento. Em um mês é como se fosse em um ano. Talvez eu nem esteja aqui. Pois futebol é isso. É sangue. Devemos ver como eles chegam, como nós chegamos. Eles têm não somente grandes jogadores, mas um ótimo treinador.

RODRIGO CAIO

- Rodrigo é um profissional que sofreu com muitas lesões em sua carreira. Ele está melhorando e terá que lutar por um lugar com David, Fabricio e Leo. Ele é um jogador com muita qualidade e pode ajudar no futuro.

COMPETITIVIDADE

- Emocional. Se o time tem a emoção que teve hoje, além de erros e acertos, lutar os 90 minutos, pressionando, correndo, seguramente será competitivo. Se alterna essa capacidade, seguramente será vulnerável.

EMBATE COM DORIVAL JUNIOR

- Não sinto pressão por enfrentar Dorival por ter vencido um títuo pelo Flamengo. Dorival tem um time extremamente competitivo. Hoje vi um pequeno pedaço do jogo entre São Paulo e Corinthians, e eles foram superiores. Para mim, é importante estar na final com o Flamengo.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.