Futebol Samba, mosaico e Infantino: o show do Corinthians na final da Copa do Brasil

Samba, mosaico e Infantino: o show do Corinthians na final da Copa do Brasil

Estratégia de pré-jogo promovida pelo clube e torcida teve sucesso

Lance
Lance

Lance

Lance

Digno de final! O Corinthians entregou um espetáculo nos minutos que antecederam o apito inicial para o duelo de ida da decisão da Copa do Brasil, contra o Flamengo, na Neo Química Arena.


+ Quem é melhor: Corinthians ou Flamengo? Confira votação jogador por jogador feita pela redação do LANCE!

A festa começou com um grupo de pagode puxando alguns cantos da torcida corintiana, com as luzes do estádio baixa, como tem sido de costume em todas as partidas do Timão. No gramado, a parte visual foi produzida pela CBF, com o logotipo da Copa do Brasil e dos clubes envolvidos na final.

Enquanto isso, na arquibancada, a Fiel levantou no setor leste um mosaico 3D, inspirado na torcida do Borussia Dortmund, da Alemanha, que levava o desenho de um gavião.

+ Confira a tabela da Copa do Brasil e simule os jogos decisivos

Foram mais de 100 pessoas da Gaviões da Fiel envolvidas em uma produção que durou 14 dias.

Os times entraram em campo na presença dos presidentes da Fifa e CBF, Gianni Infantino e Ednaldo Rodrigues, respectivamente. Ídolos de Corinthians e Flamengo, Vampeta e Juan trouxeram a taça para o gramado. O Velho Vamp, inclusive, jogou sal grosso no objeto de cobiça das equipes.

Houve também a tradicional queima de fogos, que durou pouco mais de cinco minutos. E ainda teve três estouros consecutivos assim que o árbitro Bráulio da Silva Machado apitou o início do jogo. A queima foi feita através de um canhão, localizado atrás do gol do setor sul.

Durante os 90 minutos, a Fiel Torcida deu o show de sempre, apoiando durante quase toda a partida e não deixando os flamenguistas esboçarem abafar.

Últimas