Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Salah, do Liverpool, aceita proposta do Al-Ittihad, diz TV

Atacante teria dado sinal positivo para o Al-Ittihad, que pagará R$ 527 milhões ao Liverpool

Futebol|Do R7


Ao que tudo indica, Mohamed Salah deve ser mais um astro do futebol europeu a desembarcar na Arábia Saudita. Segundo informações da 'beIN Sports', principal emissora de TV do Oriente Médio, Salah teria aceitado a proposta do Al-Ittihad e deve ser o próximo reforço do time de Karim Benzema e do brasileiro Romarinho.

+ MAIS UM! Al-Nassr oficializa chegada de zagueiro do Manchester City

O Al-Ittihad está disposto a pagar cerca de 100 milhões de euros (R$ 527 milhões) ao Liverpool pelo atacante egípcio, contudo, o negócio ainda depende do clube inglês aceitar a oferta dos sauditas, de acordo com informações do jornal italiano 'La Gazzetta dello Sport'.

Ainda segundo o jornal italiano, o Al-Ittihad teria oferecido para Salah um salário de 200 milhões de euros por três anos de contrato, algo em torno de R$1,05 bilhão, o que colocaria o egípcio entre um dos jogadores mais bem pagos de todo planeta.

Publicidade

+ Mbappé muda de ideia e abre conversas para renovar com o PSG, afirma jornal

Salah é um dos grandes ídolos do Liverpool, tendo chegado ao clube em 2017. Em pouco mais de seis anos, são 307 jogos, 187 gols e 80 assistências, além de títulos históricos, como a Champions League de 2018-19, o Mundial de Clubes de 2019 e a primeira Premier League da história do clube de Merseyside, na temporada 2019-20.

Além de Benzema, o Al-Ittihad também já acertou com outros três jogadores, aproveitando o aporte financeiro do Fundo de Investimento Público. O brasileiro Fabinho fez o mesmo caminho que Mohamed Salah pode estar fazendo e foi vendido pelo Liverpool por 40 milhões de libras. N'Golo Kanté, volante francês, deixou o Chelsea e acertou sua ida para os Tigres de graça; também do Reino Unido, o atacante Jota foi contratado junto ao Celtic em transferência que custou 25 milhões de euros.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.