Futebol Saiba quanto o Santos arrecadou com sócios, patrocínios e licenciamento

Saiba quanto o Santos arrecadou com sócios, patrocínios e licenciamento

Conselho Deliberativo vai se reunir nesta segunda para analisar o relatório do Conselho Fiscal sobre o segundo trimestre de 2021. Saiba as receitas de marketing do Peixe

Lance
Lance

Lance

Lance

O Conselho Deliberativo do Santos vai se reunir na noite desta segunda-feira para votar o relatório do Conselho Fiscal do segundo trimestre de 2021. Como o DIÁRIO antecipou, o superávit no período foi de R$ 14,35 milhões.

O relatório apresenta as receitas de marketing do clube. No dia 31 de março foram 22.832 sócios ativos enquanto no dia 30 de junho foram 20.491. Ao todo, a renda entre o dia 1 de abril e 30 de junho foi de R$ 1.481.367,70, já excluindo os custos da operação. Ou seja, o programa de sócios do Santos gera, em média, pouco menos de R$ 500 mil mensalmente.

No segundo trimestre, o Santos teve um faturamento líquido de R$ 256.865,23 com produtos licenciados. O relatório aponta que o clube tem 61 contratos de licenciamentos e mais de 450 produtos no mercado. Além disso, o relatório cita que o clube tem mais 5 contratos em fase de assinatura e 15 propostas sendo analisadas.

Em relação a patrocínios, o clube recebeu R$ 8.381.431,00 no segundo trimestre, pouco mais de R$ 2,2 milhões acima do valor previsto no orçamento.

No primeiro trimestre, o Santos apresentou um superávit de R$ 62.857.659,00. Esses valores consistiram em receitas de cotas de televisão e premiações de campeonatos que começaram em 2020. O Santos teve de janeiro a maio R$ 57 milhões de receitas ordinárias e R$ 90 milhões de receitas extraordinárias, como as vendas de Lucas Veríssimo e Diego Pituca, além das cotas de premiação.

Últimas