Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

SAF, Neymar... Entenda a aproximação entre o Santos e o fundo dono do PSG

Qatar Sports Investments demonstrou interesse em investir no futebol do Peixe

Futebol|Do R7

Lance
Lance Lance

A Qatar Sports Investments (QSI), através da intermediação de Neymar Pai, demonstrou interesse em investir no futebol do Santos. A empresa catari administra o Paris Saint-Germain, da França, e faz parte de um contingente de corporações que entraram em contato com o clube nos últimos anos visando uma parceria. A informação sobre a QSI foi publicada inicialmente pelo "GE".

Na teoria, a empresa interessada assumiria os custos do departamento de futebol alvinegro, como contratações de atletas, planejamento de elenco e folha de pagamento de salários. Em contrapartida, o Santos cederia receitas de marketing, bilheterias, patrocínios e cotas de televisão. Haveria uma divisão dos lucros das futuras vendas de jogadores.

> Coritiba anuncia acordo por venda: veja os times brasileiros que ainda podem virar SAF em 2023

De acordo com apuração do LANCE!, ainda não há grandes avanços entre a QSI e o Peixe. Isso porque ainda existe uma discussão interna sobre como funcionaria este tipo de acordo, que não se configura como um patrocínio, nem na transformação do clube associativo em Sociedade Anônima do Futebol (SAF). Somente após uma convergência de ideias entre os envolvidos que propostas serão levadas ao Conselho Deliberativo para debate.

Publicidade

SAF É UMA POSSIBILIDADE?

Sem estar em situação financeira confortável, o Santos não vê com 'maus olhares' futuros acordos como o que a QSI pode propor e está aberto a conversar com interessados. Uma das possibilidades para tornar o investimento viável e legal é a transformação do clube em SAF. Porém, internamente, há resistência sobre esta alternativa.

Publicidade

Em uma hipotética SAF santista, a determinação interna é que o Peixe mantenha a maior parte das ações. Portanto, 51%, no mínimo. O foco das discussões é sobre a viabilidade de parcerias sem perder o controle do clube.

- Caso ocorra a transferência de bens e/ou direitos do clube à sociedade mencionada no parágrafo anterior, o SANTOS deverá deter, no mínimo, 51% (cinquenta e um por cento) das ações ou quotas em que se divide o capital social votante e total da sociedade, e sua participação societária não poderá ser onerada ou transferida, a qualquer título, e para qualquer fim, sem a aprovação do Conselho Deliberativo (...) - diz o novo Estatuto, aprovado em novembro de 2022.Neymar Pai e Neymar (Foto: AFP)

Publicidade

+ Todos os jogos do Brasileirão você encontra no Prime Video. Assine já e acompanhe o seu time do coração!

NEYMAR NA JOGADA?

A aproximação entre a Qatar Sports Investments e o Santos aconteceu por intermédio de Neymar Pai. Ele também participou das negociações para a Blaze, empresa de apostas esportivas, se tornar a nova patrocinadora máster do clube.

Em abril, Neymar Jr. foi à Vila Belmiro e assistiu o empate do time com o Audax Italiano, pela Sul-Americana. O craque brasileiro ressaltou seu amor pelo Alvinegro Praiano e afirmou que um dia pode retornar à equipe que o revelou para o futebol.

- Bacana demais voltar para a minha casa depois de quase 10 anos. Infelizmente foi empate (no jogo). Queria a vitória e vim torcer para o Santos, o clube que me abriu as portas e revelou ao mundo. Eu sonho (com a volta), imagina eles (torcedores). Um dia eu volto, já já - disse, após a partida.Neymar na Vila (Foto: Guilherme Kastner/Santos)

CLUBES DA QSI

- PSG (FRA) - 100% das ações

- Braga (POR) - 21,67% das ações

O fundo de investimentos também demonstrou interesse no Tottenham e no Manchester United, ambos da Inglaterra, além do Málaga, da Espanha. As informações foram repercutidas pelos jornais "The Athletic" (ING) e L'Équipe (FRA).

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.