Futebol Rony comenta rápida adaptação e bom momento vivido no Louletano

Rony comenta rápida adaptação e bom momento vivido no Louletano

Zagueiro brasileiro com passagens por CSA e Figueirense celebra a boa fase nos primeiros meses em Portugal

Lance
Lance

Lance

Lance

Criado nas divisões de base do São Paulo e com passagens por CSA e Figueirense, o zagueiro Rony vem fazendo uma ótima primeira temporada na Europa, onde defende o Louletano (POR), desde outubro do ano passado. O jogador fez um balanço sobre esses primeiros meses em Portugal, analisando a adaptação, cultura e as diferenças entre o futebol jogado aqui e lá.

Veja a tabela do Português

- Foi boa a primeira temporada aqui pelo Louletano. Pude chegar e me adaptar rápido com os companheiros de equipe. Isso facilitou um pouco todo esse processo para que a gente pudesse fazer o melhor dentro de campo e buscar os resultados importantes. Eu faço um balanço positivo. É uma experiência nova pra mim. Nunca tinha defendido nenhum clube fora do Brasil e aqui na Europa, começar em Portugal foi ótimo - disse.

- É um país bem parecido com o Brasil. A língua facilita muito. Ajudou demais quem joga a primeira vez fora do Brasil. Em relação ao futebol, aqui pede um pouco mais de organização e batem muito nessa tecla. No Brasil as vezes o jogador tem a liberdade de agir por instinto e isso foi algo que estou aprendendo. Aqui na Europa eles prezam muito pelo posicionamento, a tática. Não que no Brasil não tenha, mas aqui se exige muito do jogador. A velocidade também é muito grande. O jogo é mais intenso. Menos tempo para pensar - explicou Rony.

O zagueiro brasileiro de 23 anos tem se destacado no Campeonato de Portugal e já ficou algumas vezes na Seleção da Rodada. Ele explica que é gratificante receber esse tipo de reconhecimento, mas ressalta que a individualidade cresce por conta do coletivo.

- Fico feliz também pelo meu desempenho pessoal. Acho que isso passa muito pelo trabalho coletivo. Quando o time vai bem, as individualidades aparecem. É um trabalho conjunto, que até agora vem correndo muito bem. É o principal. O destaque individual vai surgir naturalmente - finalizou.

Últimas