Corinthians

Futebol Roni volta aos treinamentos, e Corinthians não tem mais casos de Covid-19 no elenco

Roni volta aos treinamentos, e Corinthians não tem mais casos de Covid-19 no elenco

Timão encerra período de surto coletivo do novo coronavírus que atingiu 15 jogadores, além de outros funcionários, em março

Lance
Lance

Lance

Lance

O volante Roni, último jogador do Corinthians que cumpria quarentena após o surto de Covid-19 vivenciado pelo clube em março, retornou aos treinamentos nesta segunda-feira (22), no CT Joaquim Grava.

O jogador foi diagnosticado no dia 11 de março, junto ao atacante André Luís, e perdeu dois jogos do Timão, contra São Caetano, pela quarta rodada do Campeonato Paulista, no dia 14, e Salgueiro, pela primeira fase da Copa do Brasil, no dia 17.

Prata da casa, o atleta voltou a ter espaço no time titular do Corinthians após a primeira leva de contaminados no elenco, no dia 2 de março, véspera do clássico contra o Palmeiras, pela segunda rodada do Paulistão. Com os volantes Gabriel, Camacho e Ramiro diagnosticados com a doença, Roni atuou durante os 90 minutos, tanto no Dérbi, quanto na partida seguinte, contra a Ponte Preta, também pelo Estadual.

>> Confira a tabela do Campeonato Paulista e simule os próximos jogos

Histórico do volante

Aos 21 anos, o camisa 29 foi promovido ao elenco profissional na última temporada, ainda com o técnico Tiago Nunes, mas ganhou espaço durante o período que o então treinador do sub-20, Dyego Coelho, comandou o time principal, tendo, inclusive, marcado gol na sua estreia, contra o Bahia, em setembro do ano passado.

No entanto, após a chegada de Vagner Mancini ao comando corintiano, o meia perdeu espaço, voltou ao time sub-23, mas ganhou novas oportunidades nas últimas rodadas do Brasileirão e neste início de Paulista.

No total, são 11 jogos disputados, sendo nove como titular.

Surto de Covid no Timão

O mês de março foi bastante tenso no Corinthians. No total, 15 jogadores foram contaminados com o novo coronavírus, fora integrantes da comissão técnica, membros da diretoria e demais funcionários.

No elenco, os diagnósticos aconteceram em um intervalo de nove dias, entre 2 e 11 de março, e atingiu os seguintes jogadores: André Luís, Caíque França, Cássio, Camacho, Cauê, Fábio Santos, Fagner, Gabriel, Guilherme Castellani, Lucas Piton, Ramiro, Raul Gustavo, Roni, Ruan Oliveira e Xavier.

Últimas