Ronaldo Angelim vê ano de ouro do Fla: 'Pelo menos um grande título'

Herói do hexa brasileiro, ídolo exalta boa fase mas liga alerta com Gabigol e Rodrigo Caio na seleção: 'Pensando no clube, não é um bom momento'

Angelim projeta ano vitorioso do Flamengo: 'Pelo menos um grande título'

Angelim projeta ano vitorioso do Flamengo: 'Pelo menos um grande título'

Lance

Vitória dentro de campo e muita festa para um dos ídolos da torcida. Assim foi o fim de semana do Flamengo. É que enquanto acompanhavam a partida contra o Cruzeiro, no último sábado, os torcedores rubro-negros tiveram uma companhia mais que especial. Herói do hexacampeonato brasileiro, em 2009, o ex-jogador Ronaldo Angelim foi protagonista de uma grande festa pelos dez anos da conquista na loja Nação Rubro-Negra Boulevard, em Vila Isabel. O evento contou com a presença de centenas de torcedores para prestigiar o "Magro de Aço".

E o que não falta é motivo para o ambiente ser de festa para os rubro-negros. Diante da boa fase da equipe, o ídolo da torcida fez questão de exaltar o momento do clube de coração. Na semifinal da Libertadores e na liderança do Brasileirão, o Flamengo faz Angelim confiar em um fim de ano dourado para o time da Gávea.

- Tenho certeza que este ano a gente consegue ser campeão novamente. É um elenco fantástico, muito bem montado. Se Deus quiser, a gente repete o feito de dez anos atrás. Estamos perto de um grande título, confiantes na semifinal da Libertadores e na liderança do Brasileiro, mas ainda não conquistamos nada. A expectativa é muito grande e espero que se não for para vir esses dois, pelo menos um grande título a gente vai conseguir - disse o ex-jogador.

Angelim fez gol do título Brasileiro de 2009 do Fla

Angelim fez gol do título Brasileiro de 2009 do Fla

Sergio Moraes/Reuters

Mesmo em êxtase pela boa fase do Flamengo na temporada, Angelim não poderia deixar de exaltar a conquista que sacramentou sua idolatria para a torcida rubro-negra. Autor do gol que garantiu o título para o time da Gávea em 2009, o ex-jogador ressalta que o carinho recebido desde então é uma das coisas mais gratificantes que tem após ter se aposentado dos gramados.

- É um reconhecimento muito grande até hoje e procuro retribuir com o mesmo carinho. Ser lembrado é incrível. E não vai sair mais da história. A torcida do Flamengo sempre me tratou com um carinho especial e está marcada pra sempre na minha vida. O que eu posso fazer é estar sempre retribuindo isso por eles - comentou.

Ídolo foi recebido com festa em loja do Flamengo

Ídolo foi recebido com festa em loja do Flamengo

Lance

Convocações ligam alerta na Gávea

Além das comemorações, Angelim não se escondeu do polêmico assunto da convocação de Gabigol e Rodrigo Caio para a Seleção Brasileira. Nomes de peso da equipe da Gávea, os jogadores serão desfalques para o técnico Jorge Jesus em um importante momento na temporada. Para Angelim, mesmo reconhecendo a importância da convocação para os atletas, o fato é motivo de alerta para o Rubro-Negro, que também terá a ausência do jovem Reinier, que disputará a Copa do Mundo Sub-17.

- A equipe está bem encaixada, jogando por música. Isso faz com que os jogadores sejam ainda mais vistos. Acho que não é um bom momento para a convocação quando pensamos no clube, mas para os jogadores a gente sabe o quanto é importante. É excelente você defender as cores do seu país, mas o Flamengo está disputando a liderança do Brasileiro, na semifinal da Libertadores, e perder jogadores importantes nesse momento é complicado. Mas o grupo é muito forte e vai conseguir superar isso - finalizou.

Pelo lado dos gringos da Gávea, Arrascaeta e Berrío estão na pré-lista das convocações de Uruguai e Colômbia para os próximos amistosos e também podem desfalcar o Rubro-Negro.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.