Futebol Romero relembra 'Dérbi da selfie' e faz pedido ao Corinthians: 'Não pode entrar mole'

Romero relembra 'Dérbi da selfie' e faz pedido ao Corinthians: 'Não pode entrar mole'

Entre glórias e polêmicas, atacante paraguaio do Timão volta a enfrentar o Palmeiras

Lance
Foto tirada na campanha do título Brasileiro de 2017

Foto tirada na campanha do título Brasileiro de 2017

Lance

Em sua primeira passagem pelo Corinthians, Romero sempre se destacou nos clássicos contra os rivais paulistas, e o Dérbi possui um "sabor especial" para o paraguaio. São 16 duelos diante do Verdão, com oito vitórias, dois empates e seis derrotas, além de um gol anotado e vários momentos marcantes.

O clássico no qual ele balançou a rede foi especial. Ambas as equipes brigavam pelo título brasileiro em 2017, e a vitória corintiana por 3 a 2 no returno, na Neo Química Arena, foi um grande passo para a conquista do clube alvinegro. Foi neste Dérbi que a famosa selfie foi tirada e eternizada na cabeça dos corintianos.

"Foi um jogo inesquecível, né? Principalmente para mim. Esse jogo da selfie, a gente precisava ganhar no Campeonato Brasileiro, pra ficar perto do título [2017]. Então foi um momento muito bom, um jogo bem disputado dos dois times, mas a gente conseguiu se impor dentro de casa e conseguimos a vitória", disse Romero em entrevista concedida pelo Corinthians.

Outro Dérbi que rendeu polêmicas ao paraguaio foi em 2018, quando ele polemizou entre os palmeirenses ao dominar uma bola de cabeça e logo depois emplacar uma sequência de embaixadinhas — também com a cabeça. A "foquinha" irritou os rivais, e Felipe Melo chegou a se pronunciar, criticando a atitude do paraguaio. Na ocasião, o Timão venceu o Palmeiras por 1 a 0.

"Um outro lance que para mim foi marcante, que conseguimos ganhar deles na nossa Arena, foi esse lance da embaixadinha, que ficou para a história. Tem também o jogo da final do Paulista [2018] lá no campo deles, em que a gente foi campeão. Foi um momento muito bom do nosso time, ninguém acreditava no nosso trabalho naquele momento e a gente conseguiu ganhar lá dentro, na casa deles", afirmou.

Romero fez uma embaixadinha com a cabeça

Romero fez uma embaixadinha com a cabeça

Lance

(Foto: Alex Silva/ Estadão)

MENTALIDADE PARA O DÉRBI

Pelo ótimo aproveitamento diante dos rivais e pela dedicação em campo, Romero sempre teve o carinho de parte da torcida. O paraguaio volta a enfrentar o Palmeiras e quer ver a equipe concentrada no clássico.

"É um jogo especial. Onde a única coisa [que importa] é ganhar. Não tem como entrar com vontade de não querer ganhar. Eu sempre fui criado com essa mentalidade de que clássico tem que ganhar, não pode entrar "mole". E é com essa intenção que a gente vai entrar em campo para este próximo jogo", comentou.

Mesmo assim, Romero reconheceu que será difícil vencer os atuais campeões brasileiros. Na última temporada, o Corinthians foi derrotado nas três ocasiões para o Palmeiras.

"Será um jogo complicado contra eles, pois é um time bem qualificado, que faz tempo que estão jogando juntos. Mas temos de nos impor dentro de casa. Nosso time vai se preparar para chegar bem neste jogo", concluiu Romero.

O atacante paraguaio ainda não deslanchou em seu retorno ao Corinthians e está a 29 jogos sem balançar a rede pelo clube alvinegro.

Últimas