Rivaldo fica na bronca com Tite após dar a camisa 10 para Paquetá: 'Poderia ter protegido'

Ex-camisa 10 da Seleção Brasileira ficou irritado com a escolha de Tite e reclamou da posição do comandante da seleção brasileira frente aos jovens jogadores da Seleção

Lance

Lance

Lance

Nesta sexta-feira, a Seleção Brasileira entrou em campo para realizar o Superclássico das Américas contra a Argentina, e com uma atuação muito abaixo da esperada, foi derrotada por 1 a 0, gol de Lionel Messi.

No entanto, além da atuação ruim, outro fato chamou atenção durante a partida. Tite escolheu Lucas Paquetá como camisa 10 da equipe, e foi substituído logo no intervalo, o que gerou duras críticas de um outro camisa 10 da Seleção, o ex-jogador Rivaldo.

Em seu Instagram, o pentacampeão do mundo criticou Tite, afirmou que é preciso ter mais respeito com a camisa 10 da Seleção Brasileira e saiu em defesa do jogador do Milan.

- Deram a camisa 10 para o Paquetá contra a Argentina. Camisa que é respeitada mundialmente. Esta camisa não é para ficar no banco e muito menos sair no intervalo, porque é a camisa que o mundo conhece e respeita porque foi usada e honrada por Pelé, Rivelino, Zico, Rivaldo, Kaká, Ronaldinho, Neymar. O jogador não tem culpa, mas a comissão técnica sim, pois eles sabem do peso desta camisa e também que poderia queimar o garoto de 22 anos que pode ter um grande futuro com a seleção brasileira - disse Rivaldo, antes de completar.

- Da mesma forma que o treinador quis proteger o Rodrygo, que está jogando muito bem no Real Madrid, para esse jogo, poderia ter protegido o Paquetá de jogar com essa camisa. Todos nós sabemos que Brasil e Argentina nunca será um jogo amistoso - finalizou.