Futebol Renato Gaúcho expõe limitações na pior fase pelo Flamengo e acentua a pressão pelas Copas

Renato Gaúcho expõe limitações na pior fase pelo Flamengo e acentua a pressão pelas Copas

Fraco rendimento coletivo do Rubro-Negro e falas do técnico após a derrota para o Fluminense, no último sábado, catapultam as cobranças já para quarta, na Copa do Brasil

Lance
Lance

Lance

Lance

No último sábado, muitos torcedores do Flamengo relembraram o aniversário de dois anos do 5-0 sobre o Grêmio na semifinal da Libertadores. Curiosamente, o técnico do Tricolor à época passou por um novo pesadelo no Maracanã em um dia 23 de outubro, desta vez pelo Rubro-Negro e num clássico, perdido para o Fluminense por 3 a 1, pela 28ª rodada do Brasileiro.

O rendimento do Fla no revés expôs a notória limitação do trabalho em involução de Renato Gaúcho, que não tem se mostrado capaz de lidar com os desfalques, organizar o sistema defensivo e apresentar repertório ofensivo à equipe - contra o Flu, de 16 arremates, só acertou cinco no alvo e não teve uma grande chance criada na área, mesmo tendo 65% de posse de bola, por exemplo.

O terceiro jogo consecutivo sem vitória (empates com Cuiabá e Athletico-PR e derrota para o Fluminense) foi além dos preciosos pontos deixados pelo caminho na briga pelo Brasileiro, já que Portaluppi, em sua pior fase no Flamengo, constatou de perto - e da pior forma - cobranças da torcida por causa de uma nova atuação pobre taticamente, sobretudo.

Fluminense x Flamengo

Fluminense x Flamengo

Lance

Flamengo pode ver a distância para o Atlético-MG aumentar para 13 pontos neste domingo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Na entrevista coletiva, o próprio Renato adotou uma estratégia que acentuou a pressão pelas conquistas das Copas (do Brasil e Libertadores). A sua fala, escorada em uma narrativa persecutória, também reforçou um carimbo que o assombrou nos tempos recentes de Grêmio, onde não conseguira administrar a disputa por pontos corridos.

- Satisfeito pelos problemas que a gente vem tendo. Desfalques de jogadores na Seleção, no departamento médico. Mesmo assim, o Flamengo em três competições. Está na final da Libertadores, temos 90 minutos para colocar o clube em outra final na quarta-feira e estamos brigando no Brasileiro. Está cada vez mais difícil, mas qual clube joga e vence as três competições? [...] . Quem tudo quer, nada tem. E os outros clubes que estão disputando só o Brasileiro? - questionou o treinador, que, a ver pelas reações nas redes sociais, magnetizou ainda mais lupa sobre si.

> Veja e simule a tabela do Brasileirão

Agora terceiro colocado no Brasileiro, já que ficou estacionado nos 46 pontos e foi ultrapassado pelo Fortaleza (48), o Flamengo vira a chave para receber o Athletico-PR, nesta quarta, às 21h30, pelo duelo de volta das semifinais da Copa do Brasil, no Maracanã - na ida, os times empataram em 2 a 2.

Últimas