Futebol Renato Augusto marca, Corinthians bate o Bragantino e mantém liderança do Brasileirão

Renato Augusto marca, Corinthians bate o Bragantino e mantém liderança do Brasileirão

Timão garantiu a vitória na única finalização ao gol que deu na partida e segue na ponta da competição nacional

Lance
Lance

Lance

Lance

Segue o líder! O Corinthians manteve a primeira colocação do Campeonato Brasileiro, neste domingo (8), ao vencer por 1 a 0 o Red Bull Bragantino, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

> GALERIA - Veja todos os técnicos estrangeiros da história corintiana
> TABELA - Confira a tabela e simule os jogos do Timão no Brasileirão

O gol da vitória foi marcado pelo meia Renato Augusto, aos nove minutos do segundo tempo, e fez com que o Massa Bruta fosse derrotado em casa pela primeira vez na temporada.

O triunfo evitou que o Timão perdesse a liderança do Brasileirão, já que tinha um ponto a mais que o Braga, que ultrapassaria caso vencesse. A vitória do Santos sobre o Cuiabá, na Vila Belmiro, também faria com que o Corinthians perdesse a ponta da competição nacional caso não vencesse o Massa Bruta no Nabizão.

BRAGANTINO COMEÇA MELHOR

O Red Bull Bragantino, fazendo valer o seu mando de campo, começou o jogo pressionando o Corinthians, mas não criava grandes chances por conta de um problema que perseguiria a equipe durante boa parte do jogo, a falta de criatividade.

O time de Bragança se lançou à frente com troca rápida de passes, mas a maioria das vezes o último passes eram bolas longas, lançamentos em profundidade ou até chutes de fora de área. O Massa Bruta parava em esquema sólido defensivamente do Timão e tinha muitas dificuldades de entrar na área adversária.

ÚNICO CHUTE AO GOL

A única finalização ao gol do primeiro tempo nem levou tanto perigo assim. Foi com um chute que virou cruzamento de Artur, mas que na sequência sobrou na área para a finalização e a defesa com tranquilidade do goleiro Cássio.

MUITOS ERROS

Sem criatividade, a aposta dos dois times na etapa inicial acabou sendo as bolas longas, o que escancarou alguns problemas técnicos, com erros excessivos nos lançamentos e cruzamentos.

BRAGANTINO PERDE CHANCE

O Bragantino iniciou o segundo tempo conseguindo o que teve dificuldades na etapa inicial: criar chances. Miguel fez boa jogada pela esquerda, cruzou por baixo, Alerrandro deixou passar e a bola sobrou para Lucas Evangelista dentro da área que não finalizou em cheio e mandou fraco para a boa defesa de Cássio.

CORINTHIANS APROVEITA

Três minutos depois, em uma saída de bola errada do Bragantino, o Timão abriu o placar na primeira finalização ao gol da partida. Willian cortou, Du Queiroz acionou Renato Augusto na entrada da grande área, pelo lado direito, e o meia bateu, mesmo desiquilibrado, colocando no canto destro do goleiro Cleiton.

O camisa 8 voltou a marcar após 11 jogos e quase dois meses. A última vez havia sido no dia 12 de março, no triunfo corintiano por 5 a 0 sobre a Ponte Preta, pelo Campeonato Paulista.

BRAGANTINO ACERTA A TRAVE

Após sofrer o gol, foi o Bragantino que criou as grandes chances no segundo tempo. O momento principal foi após uma ótima trama pelo lado direito, aos 27 minutos do segundo tempo, com Welliton cruzando para um ótimo cabeceio de Ytalo triscando a trave esquerda do goleiro Cássio.

PELOS LADOS

E o Massa Bruta viu que as descidas pela beirada seria o principal trunfo para buscar o empate, então aos 29 minutos da etapa final o time desceu dessa vez pela esquerda, com Luan Cândido, Jan Yurtado fechava na entrada da pequena área, mas Cássio foi para a dividida e fez a intervenção suficiente para evitar o empate da equipe de Bragança.

O técnico Vítor Pereira então viu a fragilidade da marcação pelos lados e reforçou o esquema defensivo, colocando o zagueiro Róbson Bambu no lugar do lateral Rafael Ramos. A alteração fez com que o Massa Bruta não conseguisse mais criar pelas beiradas.

RED BULL BRAGANTINO 0 X 1 CORINTHIANS
CAMPEONATO BRASILEIRO - 5ª RODADA


Local: Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista (SP)
Data e hora: 8 de maio de 2022, às 18h (horário de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (FIFA/SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA/SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
Árbitro de vídeo: Daiane Caroline Muniz dos Santos (FIFA/SP)
Público/renda: público, 9.993 pessoas ; renda, R$ 342.805,00
Cartões amarelos: Jadson (Red Bull Bragantino); Bruno Melo e Gustavo Mosquito (Corinthians)
Cartões vermelhos:

GOLS: 0-1 Renato Augusto (9'/2T)

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Andrés Hurtado, Léo Realpe, Kevin Lomónaco e Luan Cândido; Jadsom, Lucas Evangelista (Eric Ramires, 13'/2T) e Miguel (Welliton, 13'/2T); Artur (Jan Hurtado, 22'/2T), Alerrandro (Ytalo, 13'/2T) e Bruno Tubarão (Sorriso, 34'/2T). Técnico: Maldonado.

CORINTHIANS: Cássio; Rafael Ramos (Robson Bambu, 31'/2T), Gil, Raul Gustavo e Bruno Melo; Cantillo (Júnior Moraes, 22'/2T), Du Queiroz e Renato Augusto (Gustavo Mosquito, 39'/2T); Gustavo Mantuan (Maycon, 22'/2T), Róger Guedes (João Victor, 22'/2T) e Willian. Técnico: Vítor Pereira.

Últimas