Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Relembre as insatisfações do São Paulo com a atual fornecedora

O Tricolor anunciou o final da parceria com a atual fornecedora nesta semana

Futebol|Do R7


Na quinta-feira (14), o São Paulo anunciou  o final do vínculo com a atual patrocinadora, no caso, a Adidas. Agora, quem deve assumir o patrocínio do Tricolor é a New Balance.

A atual fornecedora tem vínculo até o final do ano e veste o São Paulo desde 2018. Mas a relação sempre foi conturbada entre as partes. Em julho de 2018, um dos primeiros problemas apareceram. No lançamento de um uniforme de treino, em julho daquele ano, as peças incomodaram alguns torcedores. Com um escudo dourado, estavam foram do padrão - o que foi justificado pela empresa alemã que teve um 'prazo curto'.

Uma questão que sempre foi levada em consideração é a diferença de valores pagos e tratamentos concedidos a outros times que a patrocinadora também está presente, como Flamengo e Internacional. No lançamento da terceira camisa de 2022, feita em homenagem à conquista de 1992, o São Paulo viu sua relação com a marca alemã estremecer mais ainda.

+ Já pensou em ser um gestor de futebol? Participe da nossa Masterclass com Felipe Ximenes e descubra oportunidades

Publicidade

Isso porque o uniforme 'sumiu' das lojas ainda no primeiro lote e demorou para ser reposto. A promessa era que retornasse em 15 dias. Mas, no fim, demorou quase três meses. Com este problema, a previsão do marketing são-paulino é que o clube tenha deixado de arrecadar mais R$ 6 milhões com a peça devido às listas de espera de clientes feitas por lojas.

Em dezembro do ano passado, uma situação envolvendo o uso de uniformes na pré-temporada com a estampa de outro patrocinador que tinha rompido o contrato há meses também entrou em questão. E agora, o problema mais recente aconteceu com o lançamento do novo terceiro uniforme do time, feito em homenagem a Muricy Ramalho. Como no ano passado, mais uma vez a remessa das camisas esgotou ainda no primeiro lote.

Publicidade

Em março deste ano, a fornecedora lançou uma campanha mundial da nova coleção de uniformes inspirados em vestimentas dos anos 1990 virou motivo de mais reclamações nos bastidores do São Paulo. Tudo porque o Tricolor foi 'esquecido' no post que anuncia a coleção nas redes sociais, em que modelos vestem a camisa dos principais clubes e seleções atendidos pela multinacional alemã. Entre selecionados e equipes europeias, somente três sul-americanos aparecem na campanha: Flamengo e a dupla argentina River Plate e Boca Juniors. Único tricampeão mundial do futebol brasileiro, o São Paulo foi completamente ignorado.

O vínculo com a atual está valendo até o final do ano, as vendas das camisas que foram lançadas continuarão sendo comercializadas nos meios oficiais.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.