Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Relembre a briga entre Fluminense e Argentinos Juniors pela Libertadores

Futebol|Do R7

Em busca do inédito título da Libertadores, o Fluminense enfrenta o Argentinos Juniors nesta terça-feira (1º), pela partida de ida das oitavas de final da Libertadores, no Estádio Diego Armando Maradona.

O último confronto entre as equipes, realizado em 2011 pela fase de grupos da competição, foi marcado por uma briga generalizada entre os jogadores após o apito final.

+ Já atualizou sua camisa de 2023? Confira os novos uniformes do Fluzão!

A confusão teve início na comemoração do terceiro gol do Tricolor das Laranjeiras na partida, marcado por Rafael Moura. Depois de cobrar o escanteio que resultou no gol, o ex-meia Marquinho xingou e fez gestos obscenos em direção à torcida adversária e ao banco de reservas rival. Em entrevista 12 depois do confronto, o jogador explicou a situação.

Publicidade

- Como era muito perto a tela de proteção os caras ficavam ali jogando coisas, cuspindo... Quando eu cheguei perto para cobrar, o cara (policial) abaixou o escudo e eles ficaram dando risadinha, aquela irônica, né? Aí eu fiz assim (levantando o braço na altura da cabeça) para encobrir um pouco, botei a bola, cobrei e foi gol. Na hora eu extravasei, virei para a torcida deles e fiz uns gestos obscenos, aquelas coisas. E passei na frente do banco deles também xingando. Enfim, dentro do jogo estava valendo tudo - comentou o ex-jogador.

Após o apito final, alguns jogadores da equipe argentina foram tirar satisfação com Marquinho e iniciaram o confronto generalizado, que ficou marcado pelo soco do zagueiro Gum em Escudero.

Publicidade

CLASSIFICAÇÃO HEROICA

O Fluminense chegou a última rodada da fase de grupos da Libertadores precisando vencer o Argentinos Juniors fora de casa por dois gols de diferença.

O clube carioca saiu duas vezes à frente do placar, mas cedeu o empate em ambas. Na metade da segunda etapa, o Flu voltou a estar em vantagem após gol de cabeça de Rafael Moura e garantiu a classificação aos 43 da etapa final, depois de pênalti convertido por Fred. O resultado eliminou a equipe argentina da competição.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.