Real Madrid reduz salário de jogadores entre 10% e 20%

Clube espanhol anunciou a medida em seu site oficial nesta quarta-feira e decisão vale até o fim da temporada. Outros clubes da Europa estão tomando a mesma atitude

Lance

Lance

Lance

O Real Madrid anunciou nesta quarta-feira (8) a redução do salário dos jogadores do elenco principal entre 10% e 20% por conta da crise causada pelo novo coronavírus. Em nota no site oficial, o clube espanhol confirmou as medidas.

Além dos atletas, comissão técnica e outros funcionários também terão uma diminuição em seus vencimentos até o fim da atual temporada. No time de basquete merengue, a decisão foi a mesma: jogadores, comissão técnica e demais funcionários sofrerão um corte.

- Essa decisão, adotada por jogadores, treinadores e funcionários, evita medidas traumáticas que afetam o restante dos trabalhadores, além de contribuir para os objetivos econômicos da entidade, em vista da diminuição de renda que sofre nesses meses em decorrência da suspensão de competições e a paralisia de grande parte de suas atividades comerciais - disse o Real Madrid.

A Espanha é o país europeu mais afetado pelo coronavírus, ultrapassando os números da Itália nos últimos dias. Até o momento, 146.690 pessoas testaram positivo para a COVID-19 e 14.673 mortes foram confirmadas.