Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Real Madrid formaliza denúncia após casos de racismo contra Vini Jr

Brasileiro foi ofendido com injúrias raciais durante duelo com o Valencia pela La Liga

Futebol|Do R7


Lance
Vini discute com torcedor após ser ofendido (Foto: JOSE JORDAN / AFP)

O Real Madrid informou, em comunicado divulgado na manhã desta segunda-feira, que formalizou uma denúncia junto à Procuradoria Geral do Estado contra os crimes de racismo cometidos contra Vinícius Jr no duelo contra o Valencia neste domingo. Foi o nono estádio em que o jogador foi ofendido e discriminado racialmente, fato que tem se normalizado nos jogos da La Liga.

Aos 27 minutos da segunda etapa, torcedores do Valencia iniciaram gritos racistas contra o atacante. O jogo foi paralisado por cerca de nove minutos e retornou após conversas do árbitro Ricardo de Burgos Bengoechea com Vini e com Carlo Ancelotti, treinador merengue. No fim do jogo, ainda houve tempo para o brasileiro ser expulso após discussão com Hugo Duro. O valenciano aplicou um mata-leão em Vinícius, que ao sair da chave, acertou o rosto do adversário. O VAR, porém, apenas induziu Bengoechea à expulsão do camisa 20 do Real, que deixou o campo de jogo respondendo as provocações e os gritos da torcida com um sinal de "segunda divisão".

+ 10% OFF nos mantos internacionais a partir de R$299,90 com o cupom: LANCEFUT

- O Real Madrid CF manifesta a sua mais forte repulsa e condena os acontecimentos ocorridos ontem contra o nosso jogador Vinícius Junior. Esses fatos constituem um ataque direto ao modelo de convivência de nosso Estado social e democrático de direito. O Real Madrid considera que tais ataques também constituem um crime de ódio, razão pela qual apresentou a denúncia correspondente à Procuradoria-Geral do Estado, especificamente à parte que cuida de crimes de ódio e discriminação, para que os fatos sejam investigados e apuradas as responsabilidades. O artigo 124 da Constituição espanhola estabelece as funções do Ministério Público para promover a ação da justiça em defesa da legalidade e dos direitos dos cidadãos e do interesse público. Por este motivo, e dada a gravidade dos fatos ocorridos, o Real Madrid recorreu à Procuradoria, sem prejuízo de seu caráter privado no processo instaurado - afirmou a diretoria do clube em nota.https://twitter.com/realmadrid/status/1660593663712395264?s=20

Vinícius chegou a entrar em uma pequena discussão com o presidente da liga espanhola, Javier Tebas, que minimizou a culpa dos torcedores valencianos e afirmou que o brasileiro tem culpa por não ter comparecido a reuniões que tratariam do assunto. Vini respondeu, dizendo que a imagem do campeonato está manchada, pois a Espanha se tornou um país racista. O atacante do Real chegou a pedir para sair de campo durante os insultos, mas Ancelotti o manteve em campo.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.