Raí, França, Denílson... Torcida do São Paulo relembra título estadual de 98

Depois de 22 anos, são-paulinos que viram e não viram aquela conquista, tiveram a chance de assistir a vitória sobre o Corinthians, no Morumbi, em reprise na Band, neste domingo

Lance

Lance

Lance

O período da quarentena tem proporcionado reprises de jogos históricos de clubes brasileiros na TV aberta. Neste domingo, na Band, a torcida do São Paulo teve a chance de rever ou de ver pela primeira vez a conquista do título paulista de 1998. E se deliciou ao assistir grandes performances de nomes como Raí, que retornava naquele jogo, de Denílson, que se despedia, e de França.

Após ser derrotado pelo Corinthians no primeiro jogo da decisão por 2 a 1, o Tricolor levantaria o troféu com dois resultados iguais por ter feito melhor campanha em fase anterior do campeonato, ou seja, precisaria de uma vitória simples. E para isso contou com um reforço de peso, que chegou justamente para aquela partida: Raí, que voltava ao clube após cinco temporadas no PSG.

E a participação do ídolo são-paulino foi crucial na conquista, já que foi dele, aos 30 minutos do primeiro tempo, o gol que abriu o placar da final e colocou o São Paulo com uma mão na taça no Morumbi. No segundo tempo, porém, o rival voltou a ter vantagem com um tento marcado por Didi. O empate daria o título aos corintianos comandados por Vanderlei Luxemburgo.

Foi aí que outros dois protagonistas da decisão entraram em ação e o torcedor mais novo do Tricolor pôde ver o quanto essas figuras jogavam bola: Denílson e França, que em tabela espetacular com Raí, saiu cara a cara com o goleiro Nei e marcou o segundo do São Paulo, colocando novamente o time em vantagem na decisão. Mas essa participação do atacante não pararia por ali.

Já na reta final do jogo, com o Corinthians praticamente entregue na partida, havia espaço para mais um gol. Denílson, que já estava vendido para o Bétis, da Espanha, e se despedia do Tricolor naquele dia, fez mais uma de suas jogadas individuais na linha de fundo e tocou para trás para França, sempre ele, marcar o segundo dele na partida e o terceiro são-paulino. Era o tento da festa.

Nas redes sociais do São Paulo, o clube publicou uma espécie de tempo real da decisão estadual de 1998, comemorando os gols e a celebração do titulo com o troféu sendo erguido pelas estrelas daquele duelo. Confira alguns dos posts:

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 3 X 1 CORINTHIANS
Local: Morumbi, em São Paulo (RS)
Data-Hora: 10/5/1998 - 16h
Árbitro: Sidrack Marinho
Gols: Raí, 30'/2ºT (1-0); Didi 5'/2ºT (1-1); França 12'/2ºT (2-1) e França 37'/2ºT (3-1)

SÃO PAULO
​Rogério Ceni; Zé Carlos, Capitão, Márcio Santos (Bordon) e Serginho; Alexandre, Fabiano, Raí (Aristizábal) e Carlos Miguel (Gallo); França e Denílson.
Técnico: Nelsinho Baptista

CORINTHIANS
​Nei; Rodrigo (Didi), Cris, Gamarra e Silvinho; Romeu (Edílson), Vampeta, Souza (Marcelinho Paulista) e Rincón; Marcelinho Carioca e Mirandinha.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo