Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Racismo: Conmebol investiga casos em Santos x Newell's na Vila Belmiro, e time argentino pode ser multado

Torcedores fizeram gestos de macaco e mostraram banana para torcida do Peixe na Vila Belmiro

Futebol|

Lance
Lance Lance

A torcida do Santos foi alvo de racismo na última terça-feira (6), por parte dos torcedores do Newell's Old Boys (ARG), em partida válida pela Sul-Americana, na Vila Belmiro. O caso está sendo investigado pela Conmebol, e o time argentino pode ser multado.

Segundo relatado por santistas a jornalistas no setor de imprensa do estádio, uma mulher fez gestos de macaco, enquanto um homem mostrou uma banana no celular. De acordo com apuração da reportagem do LANCE!, os casos podem não ter sido registrados oficialmente na súmula da partida.

Mesmo assim, se a situação for comprovada pela Conmebol, um expediente disciplinar será aberto para determinar a punição. Há filmagens do momento em que os crimes foram cometidos (veja acima), e as vítimas denunciaram o ocorrido às autoridades presentes no local.

As imagens registradas por torcedores serão analisadas, assim como as câmeras de segurança da Vila. Além do árbitro da partida, os delegados do jogo podem relatar denúncias de discriminação.

Publicidade

É possível que a multa ao Newell's seja de 100 mil dólares (R$ 492 mil, segundo a cotação atual), segundo previsto pelo Código Disciplinar da Conmebol. Recentemente, o Racing (ARG) foi punido com este valor após um torcedor fazer gestos racistas para a torcida do Flamengo, durante partida válida pela Libertadores, disputada em 5 de maio.

- Qualquer Associação Membro ou clube cujos torcedores insultarem ou atentarem contra a dignidade humana de outra pessoa ou grupo de pessoas, por qualquer meio, tendo como motivo a cor da pele, raça, sexo ou orientação sexual, etnia, idioma, credo ou origem, será sancionado com uma multa de pelo menos CEM MIL DÓLARES AMERICANOS (USD. 100.000). Em caso de reincidência, o infrator poderá ser punido com multa de DÓLARES AMERICANOS QUATROCENTOS MIL (USD 400.000) - diz o artigo 15.2 do Código Disciplinar.

Publicidade

PUNIÇÃO PARA CASO DE ATACANTE E ZAGUEIRO AINDA SEM DEFINIÇÃO

Ângelo e Joaquim foram vítimas de racismo no confronto com o Audax Italiano, no último dia 24 de maio, 14 dias atrás. No entanto, a Conmebol ainda não determinou a pena para o clube chileno. A conclusão do processo disciplinar dura, em média, 16 dias.

Publicidade

+ Conmebol abre investigação sobre denúncias de racismo contra Ângelo e Joaquim

Com a identificação dos infratores, a instituição alega que não tem jurisprudência para punir os indivíduos, mas pode encaminhar a denúncia às autoridades do país.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.