Futebol Quinteto, goleiros, centroavante... Veja cinco desafios que Vítor Pereira vai ter no Corinthians

Quinteto, goleiros, centroavante... Veja cinco desafios que Vítor Pereira vai ter no Corinthians

No Timão, Vítor Pereira terá alguns desafios para obter êxito no Parque São Jorge

Lance
Lance

Lance

Lance

O novo comandante do Corinthians, Vítor Pereira, desembarcará em São Paulo no próximo sábado (26), e muito possivelmente estará na Neo Química Arena no domingo para acompanhar o duelo contra o Red Bull Bragantino.

> GALERIA: Veja todos os técnicos estrangeiros na história do Corinthians

Com uma semana cheia de treinos para o seu primeiro jogo, no Morumbi, sábado (5), diante do São Paulo, o português de 53 anos vem para uma cultura nova no Parque São Jorge. Por isso, o LANCE! listou cinco desafios para o português no Timão.

Quinteto mágico

Giuliano, Renato Augusto, Paulinho, Willian e Róger Guedes. O Corinthians investiu pesado desde o segundo semestre do ano passado para contratar os cinco atletas, e não só a diretoria, como a torcida corintiana, esperam que os jogadores sejam os principais protagonistas da equipe.

Um dos principais desafios de Vítor Pereira será montar um esquema tático capaz de encaixar o quinteto e extrair o melhor de cada um individualmente.

Contra o São Bernardo, sob o comando do interino Fernando Lázaro, foi a primeira partida na qual os cinco iniciaram juntos. E por mais que o Bernô não tenha oferecido grandes ameaças ao Timão, foi possível notar como a equipe tende a ganhar coletivamente quando os cinco conseguem render.

> TABELA: Confira e simule os jogo do Corinthians no Paulistão

Idade elevada do elenco

Na vitória contra o São Bernardo, quiçá a melhor exibição do Alvinegro na temporada até agora, a média de idade da equipe titular superou os 30 anos.

Dentre os 20 clubes da Série A do Brasileirão de 2022, o Corinthians possui a 7ª maior média de idade, e será dever de Vítor Pereira gerir o elenco entre a reta final do Paulistão, Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão.

O departamento médico já vem tomando cuidados especiais com os jogadores mais velhos do elenco. Renato Augusto e Willian já perderam jogos por controle de carga, enquanto Fagner e Gil foram poupados contra o Botafogo-SP.

Cássio ou Ivan no gol?

Para o início da temporada, a diretoria fez duas movimentações um tanto quanto contraditórias envolvendo os goleiros. Por um lado, estendeu o contrato de Cássio até o final de 2024, e semanas depois, anunciou a contratação do ex-goleiro da Ponte Preta, Ivan, com o mesmo tempo de contrato.

Cássio é um dos maiores ídolos do Timão, mas desde a última temporada vem acumulando cada vez mais falhas, e deixando a Fiel insatisfeita. Ivan passou pela seleção olímpica, mas jamais atuou em uma partida da Libertadores e possui pouca experiência em "jogos grandes".

Ainda não é possível determinar se Vítor irá promover um rodízio entre os dois, um definirá um goleiro titular para a equipe.

> GALERIA: Veja quantos estrangeiros trabalham em clubes do Brasil

Aproveitamento longe da Neo Química Arena

Um dos pontos de maior crítica da torcida corintiana com Sylvinho foi sobre o aproveitamento do treinador jogando longe da Neo Química Arena. Após a vitória contra o Grêmio pelo Brasileirão, em agosto, o Timão passou cinco meses sem vencer fora de casa.

Sylvinho voltou a vencer longe de seus domínios um jogo antes de ser demitido, contra o Santo André, na segunda rodada do Paulistão. Para conseguir ter êxito na temporada, Vítor Pereira terá que melhorar o desempenho do time quando sai de sua Arena.

Centroavante

Embora tenha contrato quatro jogadores, entre eles Paulinho, o grande foco da diretoria alvinegra no mercado é um centroavante de peso. Nomes como Cavani e Diego Costa foram muito especulados, mas as negociações não tiveram um final feliz, embora o ex-Galo não esteja totalmente descartado.

No início dessa temporada, Gustavo Mantuan foi o escolhido nos primeiros jogos, mas não agarrou a oportunidade. Jô, apesar de ter sido o artilheiro do clube em 2021, vem recebendo várias críticas e não é o nome ideal, até pelo seu momento físico.

Nas últimas partidas, Róger Guedes passou a atuar como um falso-nove, e o desempenho vem agradando, embora o jogador já tenha declarado que essa não é sua posição preferida.

Assim, com a possibilidade do Corinthians contratar outro centroavante cada vez menor, Vítor Pereira vai precisar ser certeiro na escolha do titular.

Últimas