Futebol Questões esclarecidas no Flamengo: contratações, saídas, renovações e pagamento de emprestados

Questões esclarecidas no Flamengo: contratações, saídas, renovações e pagamento de emprestados

Marcos Braz concedeu entrevista coletiva, nesta segunda-feira, e deixou claro que o clube só tratará de renovações 'de dez a 15 dias' antes do início do Brasileiro, por exemplo

Lance
Lance

Lance

Lance

Para abrir esta semana, o Flamengo disponibilizou Marcos Braz para esclarecer questões, como as de mercado, em entrevista coletiva concedida via FLA TV, cujas perguntas foram enviadas por jornalistas, virtualmente. O vice-presidente de futebol do clube respondeu acerca de possíveis contratações, saídas, renovações e pagamento de jogadores emprestados, dentre outros temas.

De acordo com o dirigente, o Rubro-Negro se prepara para, após "ajustes financeiros" necessários (por conta da pandemia do novo coronavírus), voltar com contundência no mercado, mas somente ao fim desta temporada.

- A gente vai ficar muito forte no mercado, mas da maneira possível. O Flamengo vai estar muito forte na janela de fim de ano. Mas com criatividade, liderança. O Flamengo vem fazendo ajustes financeiros, precisava deles. Até hoje não precisa vender um jogador de qualquer maneira para cumprir seus compromissos. Flamengo teve excelente proposta pelo Léo Duarte, Reinier, e vendeu (para Milan e Real Madrid, respectivamente). Estamos atentos ao mercado - falou, completando:

- Antes de acabar esses 60 dias de negociação com os jogadores, dificilmente vem alguém. O jogador que está vindo poderia vir com salário maior do que quem está aqui. A gente se comprometeu com o grupo que, a partir do momento que a gente pede uma colaboração, com ajuste, como vou contratar A ou B? Vamos fazer as contratações na hora possível. Seja lá em qualquer posição - disse, ao ser questionado sobre mapeamento por um lateral-direito.

TEM PROPOSTA POR GERSON? E BERRÍO E PIRIS, FICAM?

A respeito de vendas, Braz realçou que o Flamengo não recebeu propostas por Gerson, até o momento, e deu a entender que Berrío e Piris da Motta - pouco aproveitados em 2020 e que são constantemente vinculados a interesses do futebol latino - não estão sendo oferecidos no mercado.

- Em nenhum momento o clube recebeu uma proposta. Não teve absolutamente nada. O Gerson é um jogador que pela importância, outro clube não vai vir de brincadeira, querendo levar a preço que não seja o correto - falou, e completou sobre a dupla de estrangeiros:

- O Berrío tem mais seis meses de contrato. É um jogador muito querido. Não foi aproveitado nesse recomeço. Vamos respeitar o contrato e dar condições. Se tiver alguma coisa, alguma proposta satisfatória pro clube e pra ele, adianta o processo que acabaria em dezembro, se não aguarda. O Piris tem contrato mais longo (até dezembro de 2022). Não acaba em dezembro. Mesma coisa.

RENOVAÇÕES DOS DIEGOS E RAFINHA

Flamengo - Campeão (Diego)

Flamengo - Campeão (Diego)

Lance

Braz: 'Diego Ribas é um ídolo do clube' (Foto: CRIS BOURONCLE / AFP)

Já campeão nesta temporada, da Supercopa do Brasil e da Recopa Sul-Americana, o Flamengo segue com um elenco estrelado e esperançoso em mais títulos empilhados. Para isso, mira renovações de peças importantes do grupo de Jesus, como Diego e Diego Alves, principalmente, pois os homônimos têm os seus respectivos vínculos a encerrar ao fim deste ano.

- Em relação a renovação do Diego Ribas se do Diego Alves, desde que começamos a tomar pé da parte financeira, estruturais, decidimos que faríamos isso mais na frente. Como se trata de renovação, os dois são importantes, e tem contrato até o fim do ano. Temos que iniciar essa renovação dez a 15 dias antes de começar o Brasileiro, quando tiver a data. Tem o Rafinha também, mas esses dois acabam no fim do ano. São consagrados aqui. Eles sabem disso. A gente sempre fala isso para eles, que vamos analisar da melhor forma - falou Braz, antes de tecer a situação de Ribas com mais detalhes:

- O Diego Ribas é um ídolo do clube, um atleta importante na história do Flamengo. A gente se sente muito feliz em ter um atleta como esse. Disciplinado, esforçado, de qualidade. Vamos analisar a relação mais na frente de maneira natural, junto com ele. Eles não estão desconfortáveis, entendem o processo. Em situação normal, já estaríamos com essa programação, com antecedência, tomando a frente do mercado.

Braz voltou a falar em "dez a 15 dias antes de começar o Brasileiro" para tratar das renovações de vínculos, quando abordado sobre Rafinha, que já havia manifestado o seu interesse em uma valorização contratual.

- O Flamengo não vai conversar com nenhum jogador antes de dez dias até o Brasileiro. A gente acha que no fim de julho, começo de agosto, pode se iniciar. Pega dez a 15 dias antes. Uma hora a CBF e os órgãos vão ter que divulgar a tabela. Rafinha eu tenho excelente relação. Não vai ser na renovação que vai dar problema. A não ser que queira algo diferente.

E OS PAGAMENTOS?

O tema final trata-se de pagamento de jogadores que estão emprestados e os que foram contratados recentemente. Segundo Marcos Braz, dos emprestados (Thiago Maia, Pedro Rocha e Pedro), resta apenas um "ajuste" por Pedro junto à Fiorentina-ITA.

- Ainda resta o ajuste do Pedro. De resto, todos os ajustes que deveríamos fazer já fizemos. Não há nenhum desconforto ou desgaste do Flamengo com outras instituições.

Pedro - Flamengo

Pedro - Flamengo

Lance

Emprestado até o fim desta temporada, Pedro ainda busca se firmar no Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Braz também esclareceu que ainda não há como prever até quando terá que negociar os prazos dos atletas cedidos pelos clubes da Europa, em meio a indefinições do calendário brasileiro.

– A gente ainda vai tomar esse posicionamento logo depois que começar o Campeonato Brasileiro. Não adianta começar uma tratativa para os jogadores ficarem mais um tempo aqui, se a gente não sabe como será a necessidade. Vai precisar de dezembro todo? Janeiro todo? Um pouco de fevereiro? A gente se sente mais confortável de conversar de uma vez só, após a reestruturação do calendário. Essa é a orientação que a gente vem adotando aqui, para que não tenha que fazer outra negociação no meio do caminho.

Últimas