Futebol Quaresma vê gestão ainda apagando o fogo e descarta grandes contratações no Santos

Quaresma vê gestão ainda apagando o fogo e descarta grandes contratações no Santos

Membro do Comitê de Gestão do Peixe reforça aposta nos meninos da base

Lance
Lance

Lance

Lance

O presidente Andrés Rueda assumiu o cargo no começo de janeiro e, num primeiro momento, evitou grandes intervenções no trabalho que estava sendo feito no departamento de futebol pela reta final da Copa Libertadores.

>> Confira a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro

Com o final da Libertadores, o clube deve passar por mudanças, mas, segundo José Renato Quaresma, membro do Comitê de Gestão ligado ao futebol, a casa está bem longe de estar em ordem.

- Vocês estão achando que estamos colocando a casa em ordem, mas não estamos. Estamos apagando o fogo. Todo fogo deixado estamos dando uma ajustada nele. Vamos colocar a casa em ordem aos poucos. A casa não está nem bagunçada, nem sei como avaliar isso - afirmou Quaresma.

A gestão comandada pelo dirigente conseguiu a permanência de Luan Peres e negociou Lucas Veríssimo e Diego Pituca com a condição de que eles ficassem até a final da Libertadores. As mudanças foram as saídas do superintendente, Felipe Ximenes, e do coordenador de futebol, Márcio Santos.

Com as saídas e o fim do transferban, que deve acontecer nos próximos dias, o clube pode voltar ao mercado para reforçar o elenco, mas sem grandes investimentos.

- Vamos buscar ter um grande time, um grande condição de disputar títulos, mas sem grandes contratações. Buscando a união, com esses meninos que estão crescendo e buscando gente da base. É isso que a gente quer - concluiu Quaresma.

Últimas