Futebol Promessa entra na Justiça para pedir liberação do Santos, mas sofre derrota

Promessa entra na Justiça para pedir liberação do Santos, mas sofre derrota

Victor Yan não treina no CT desde a última semana, mas pedido de rescisão foi negado

Lance
Lance

Lance

Lance

O Santos venceu a primeira batalha na Justiça do Trabalho contra o volante Victor Yan, uma das promessas das categorias de base do clube. O Menino da Vila, que não comparece aos treinos desde a semana passada, tinha como objetivo a quebra do vínculo trabalhista. A informação foi inicialmente publicada pela Gazeta Esportiva.

O jogador assinou um contrato com validade até 30 de agosto de 2022 em 2017. É justamente isso que o atleta questiona, a vigência de cinco anos do documento.

Com base na Lei Pelé, a Justiça do Trabalho apontou ganho de causa ao Santos, em sede liminar, e reconheceu o vínculo assinado por ambos.

Vale lembrar que o atleta pode assinar um pré-acordo com qualquer clube a partir de 28 de fevereiro para sair de graça em setembro do ano que vem. Recentemente, foi sondado por clubes da Espanha, Grécia e Portugal. A multa rescisória é de 50 milhões de euros (R$ 306 mi).

Últimas