Futebol Promessa dos Estados Unidos lamenta carreira mal sucedida

Promessa dos Estados Unidos lamenta carreira mal sucedida

Freddy Adu atuou no Benfica ao lado de Di María em 2008, mas optou por sair para o Monaco, enquanto argentino permaneceu em Lisboa. Veterano está no futebol sueco

Lance
Lance

Lance

Lance

Freddy Adu, uma das maiores promessas do futebol dos Estados Unidos da última década, contou ao podcast “American Prodigy” que seu erro foi ter saído do Benfica em 2008 para o Monaco. O veterano de 31 anos que recentemente acertou um contrato para jogar na terceira divisão sueca conviveu com Di María em Lisboa e afirmou ter sido melhor do que o argentino.

- O maior erro que cometi na minha carreira foi deixar o Benfica para ir emprestado ao Monaco. Foi uma dessas que se eu pudesse voltar atrás, voltaria. Entrei ao mesmo tempo que Di María. No primeiro ano, fui melhor do que ele, mas decidi sair. Di María ficou e adivinhe o que aconteceu? Ele teve a oportunidade de jogar com o treinador e se tornou titular. Um ou dois anos depois estava no Real Madrid. E acabei emprestado a uma equipe secundária.

> Veja a tabela do Campeonato Português

Adu lembrou também que seu tempo no Benfica foi conturbado e com muitas trocas de treinadores, motivos que o fizeram querer sair. Entre os muitos times por onde passou, o norte-americano atuou alguns meses com a camisa do Bahia, em 2013, mas não teve o sucesso esperado do início de sua carreira.

Últimas